Fogões eficientes, um modelo para cada necessidade | Fogões eficientes no Peru | DW | 10.01.2011
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Fogões eficientes no Peru

Fogões eficientes, um modelo para cada necessidade

Como nem todos os modelos existentes se encaixam nas condições ou demandas específicas de cada região, há uma vasta variedade de fogões e fornos eficientes ao redor do mundo.

default

A última invenção do setor é o Rocket Stove. Com suas câmaras de combustão anguladas a 90º (em forma de "L"), o modelo economiza até 80% de energia – e entre 40% e 80% de lenha. Feito tanto de argila e palha, quanto de metal ou tijolos, o fogão não produz fumaça.

Em casas de família, utiliza-se comumente fornos menores, já os modelos maiores podem ser usados em cantinas escolares ou pequenos restaurantes. Dependendo do modelo, tamanho e país, o preço de um Rocket Stove doméstico pode variar entre 3 e 15 euros. Já os "poupa-lenhas" destinados a cantinas custam de 90 a 200 euros.

Um exemplo de uma implementação regional especializada é o fogão Mirt, um modelo redondo da Etiópia, constituído por um anel de cimento e uma chapa metálica ou de cerâmica. Sobre essa placa de cerca de 60 centímetros de diâmetro, são feitos tradicionais pães redondos da culinária africana. Em comparação com fogueiras utilizadas no preparo de comida, por exemplo, o Mirt economiza até 50% de lenha e o seu preço varia de 4 a 6 euros.

Na América do Sul, um modelo popular entre os consumidores é o Vesto. Produzido industrialmente, o aparelho funciona à base da queima de diferentes materiais orgânicos e o seu preço de venda gira em torno de 25 euros. Já o Jiko (KCJ), por outro lado, é um fogão cerâmico desenvolvido no Quênia e encontrado em muitos países africanos. Especializado na queima de carvão vegetal, ele economiza a metade do carvão consumido por fogões convencionais e custa entre 3 e 10 euros.

Uma das variantes mais fáceis de construir é o fogão de argila Upesi, também conhecido como Mandaleo. Sua fabricação custa o equivalente a um euro, o que o torna acessível às camadas mais pobres da população. Em comparação com fogos abertos, o Upesi chega a poupar 50% de lenha.

Outros modelos em uso são os chamados Foodwarmer. Trata-se de uma cesta ou sacola preenchida por isolantes naturais – como folhas secas de bananeira –, em que a comida continua cozinhando após ser retirada do fogo.

Autor: Thorsten Schäfer (mdm)
Revisão: Roselaine Wandscheer