Filarmônica de Berlim inova com concertos digitais | Cultura europeia, dos clássicos da arte a novas tendências | DW | 07.01.2009
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Cultura

Filarmônica de Berlim inova com concertos digitais

A renomada orquestra alemã entrou em terreno desconhecido, oferecendo a transmissão online de toda sua temporada.

default

Primeiro concerto digital foi regido pelo maestro Simon Rattle

Os fãs da Filarmônica de Berlim podem, agora, acompanhar as apresentações da orquestra de qualquer lugar no mundo, desde que tenham acesso à internet, através de uma nova "sala de concertos digital".

O projeto estreou na última terça-feira (06/01), quando Simon Rattle conduziu a Primeira sinfonia de Johannes Brahms. Esta foi a primeira a transmissão online diretamente da sala de concertos da Filarmônica, na capital alemã.

Mais barato do que ao vivo

O preço do ingresso para acompanhar o concerto ao vivo pela internet ou acessá-lo on demand, num período de 48 horas após a transmissão, é de 9,90 euros. A assinatura para toda a temporada custa 149 euros, dando aos espectadores acesso a todos os concertos.

"A Filarmônica de Berlim tem fãs em todo o mundo, e para muitas pessoas é difícil conseguir ingressos para os concertos, especialmente quando a orquestra está em turnê", disse o porta-voz Thomas Müller à DW-WORLD.DE, explicando a motivação por trás do projeto.

Berliner Philharmoniker

Orquestra tem fãs no mundo inteiro

"Agora, o comprador de um ingresso digital para a temporada pode ver ainda mais concertos do que o proprietário de um ingresso comum, e pagará menos, ressalta Müller.

Ele ainda não sabe exatamente quantas pessoas acessaram a transmissão online na estreia, mas afirma que "foram mais do que os números de cadeiras que temos na sala de concertos", que comporta 2.400 pessoas. Ao que tudo indica, a apresentação online ao vivo ocorreu sem nenhuma falha técnica.

Qualidade artística x técnica

A ideia da transmissão digital dos concertos via internet foi levantada, primeiramente, três anos atrás, porém precisou-se de bastante tempo para solucionar as questões técnicas envolvidas.

Foi preciso, por exemplo, encontrar uma forma de filmar sem atrapalhar o público ou os músicos da orquestra; ou de mandar imagens e som com alta qualidade através de bandas de internet limitadas.

"Sabíamos que precisávamos assegurar uma qualidade técnica condizente com a qualidade artística", explicou Müller. "Estamos felizes por tê-lo conseguido."

Leia mais

Links externos

  • Data 07.01.2009
  • Autoria DW (jba)
  • Imprimir Imprimir a página
  • Link permanente https://p.dw.com/p/GTxB
  • Data 07.01.2009
  • Autoria DW (jba)
  • Imprimir Imprimir a página
  • Link permanente https://p.dw.com/p/GTxB