Festival de dança contemporânea explora os limites do corpo | Cultura europeia, dos clássicos da arte a novas tendências | DW | 23.08.2018
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Cultura

Festival de dança contemporânea explora os limites do corpo

"Tanz im August", "Dança em agosto", é um dos festivais de dança contemporânea mais prestigiados do circuito europeu.

Assistir ao vídeo 05:19

Ultrapassar fronteiras é a palavra de ordem do festival "Tanz im August", que em 2018 celebra 30 anos. Na apresentação da Companhia STREB Extrem Action, da premiada coreógrafa Elizabeth Streb, o objetivo é testar os limites do corpo misturando dança e acrobacia.

Já Nora Chipaumire, do Zimbábue, apresenta uma peça ligada ao boxe. O retrato do pai, que a abandonou ainda quando criança, é uma metáfora para o machismo no Zimbábue. A programação inclui estreias, como a nova peça do coreógrafo espanhol Marcos Morau. Nela, os protagonistas parecem estar perdidos. A coreografia retrata um cenário apocalíptico em que a tecnologia destroi a humanidade.