Ferroviária alemã quer investir 8 bilhões de euros em novos trens | Notícias sobre política, economia e sociedade da Alemanha | DW | 22.02.2010
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Ferroviária alemã quer investir 8 bilhões de euros em novos trens

A companhia ferroviária alemã Deutsche Bahn quer comprar 300 novos trens para substituir sua antiga frota. Eles deverão ser produzidos pela empresa alemã Siemens e entrar em funcionamento em 2015.

default

O ICE é o trem mais conhecido da empresa alemã

A operadora de ferrovias alemã Deutsche Bahn pretende investir 8 bilhões de euros em novos trens, nos próximos anos. O chefe da empresa, Rüdiger Grube, anunciou no jornal Bild desta segunda-feira (22/02) que, além da encomenda de novos trens de longa distância, com custo de 6 bilhões de euros, também serão gastos 2 bilhões de euros em trens regionais.

A produção dos 300 trens caberá possivelmente ao conglomerado Siemens. Há quatro semanas, Grube já havia nomeado a empresa de Munique como favorita na concorrência pela maior encomenda de trens da história alemã. Nestes casos, via de regra, o candidato principal é quem recebe a encomenda. Estão previstas negociações exclusivas com a Siemens, por exemplo para o equipamento técnico dos trens.

A encomenda deverá ser formalizada até meados de 2010. A princípio, os novos trens substituirão as frotas de IC/EC e de ICE 1 e ICE 2. De acordo com os planos da Deutsche Bahn, os trens entrarão em funcionamento a partir de 2015.

Grube também informou que, devido aos reparos na frota ICE, os clientes deverão contar com algumas restrições nos próximos três anos. Dos 252 trens ICE, cerca da metade precisa que se troquem suas rodas e eixos.

DD/Reuters
Revisão: Augusto Valente

Leia mais