Explosão no centro de Paris deixa mortos e dezenas de feridos | Notícias e análises internacionais mais importantes do dia | DW | 12.01.2019
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Europa

Explosão no centro de Paris deixa mortos e dezenas de feridos

Suposto vazamento de gás provoca explosão seguida de incêndio em padaria, resultando na morte de ao menos três pessoas. Outras 47 pessoas ficaram feridas, estando dez delas em estado grave.

Bombeiros combatem incêndio nos arredores de padaria em Paris

Carros e prédios nos arredores de padaria foram afetados por explosão

Uma poderosa explosão seguida de incêndio numa padaria na região central de Paris deixou ao menos três mortos e dezenas de feridos neste sábado (12/01), informou a polícia local. As autoridades suspeitam que a explosão, ocorrida por volta das 9h (hora local), tenha sido causada por um vazamento de gás.

Segundo as autoridades locais, dois bombeiros e uma cidadã espanhola morreram. Dez pessoas estão gravemente feridas, e outras 37 apresentam ferimentos leves.

Cerca de 200 bombeiros foram mobilizados para combater o fogo. Eles removeram feridos através de janelas e retiraram moradores de suas casas devido à fumaça que saía da padaria, localizada na Rue de Trévise, no 9º arrondissement, uma área residencial e comercial.

Além de uma padaria, o prédio onde ocorreu a explosão abriga um restaurante. Nos arredores, janelas estouraram, carros foram danificados, e prédios a centenas de metros de distância, abalados. Uma enorme coluna de fumaça foi vista de vários pontos da cidade.

Testemunhas descreveram o forte barulho da explosão. "Parecia um terremoto", disse um morador. "Eu estava dormindo e fui acordada pela explosão. Todas as janelas do apartamento explodiram", relatou outra moradora da área.

"Quando bombeiros buscavam um vazamento de gás no prédio, uma explosão dramática ocorreu", disse o ministro do Interior, Christophe Castaner.

"Ainda precisamos determinar as circunstâncias e as causas da explosão, mas neste momento podemos dizer que foi claramente um acidente, presumivelmente um vazamento de gás", afirmou o procurador de Paris, Rémi Heitz. 

A onda de choque foi sentida a até quatro quarteirões de distância, segundo Eric Moulin, comandante do corpo de bombeiros de Paris. Dezenas de turistas foram obrigados a deixar hotéis na área, um popular destino de compras na capital francesa.

A explosão ocorreu em meio a um forte esquema de segurança na capital francesa e em seus arredores por conta da nona rodada de protestos dos chamados "coletes amarelos", anunciada para este sábado. 

Os "coletes amarelos" têm protestado desde novembro contra o aumento nos preços dos combustíveis e contra reformas fiscais propostas pelo governo francês, que, segundo eles, atingiriam desproporcionalmente as classes trabalhadoras. Eles pedem também a renúncia de Macron e a reintrodução do imposto de solidariedade sobre a riqueza.

Após os distúrbios da semana passada, o Ministério do Interior francês optou por voltar a aumentar o dispositivo policial, com 80 mil agentes mobilizados em todo o país, 5 mil deles em Paris.

LPF/afp/ap/rtr/efe/lusa

______________

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube 

WhatsApp | App | Instagram | Newsletter

Leia mais