1. Pular para o conteúdo
  2. Pular para o menu principal
  3. Ver mais sites da DW
Político alemão Armin Laschet de terno, gravata vermelha e máscara sanitária, caminha por um corredor com obras de arte na parede.
Armin Laschet estava no cargo desde 2017Foto: Marius Becker/dpa/picture alliance

Ex-candidato a suceder Merkel renuncia como governador

25 de outubro de 2021

Armin Laschet deixará o governo da Renânia do Norte-Vestfália e assumirá assento no Parlamento. Ele foi candidato a chanceler federal pela CDU no pleito geral de setembro, e amargou pior resultado da história do partido.

https://www.dw.com/pt-br/ex-candidato-a-suceder-merkel-renuncia-como-governador/a-59621898

O conservador alemão Armin Laschet renunciou ao cargo de governador do estado mais populoso da Alemanha, a Renânia do Norte-Vestfália, nesta segunda-feira (25/10).

"Para mim, foi uma grande honra moldar o futuro de noso estado e fazer a Renânia do Norte-Vestfália avançar nos últimos quatro anos como governador", disse o político de 60 anos.

Laschet é presidente nacional da União Democrata Cristã (CDU), partido de Angela Merkel, e foi o principal candidato da legenda nas eleições gerais de setembro, quando a sigla teve o pior resultado de sua história. Recentemente ele assumiu a culpa pelo fracasso. 

Após 16 anos no poder, a CDU deve voltar a ser oposição e ver uma coalizão entre social-democratas, verdes e liberais governar o país, depois de amargar o segundo lugar no pleito por uma pequena margem de votos.

Laschet havia dito anteriormente que renunciaria ao cargo de governador após as eleições, mesmo se não sucedesse Merkel como chanceler federal. Agora ele deve assumir uma cadeira no parlamento alemão, o Bundestag. Laschet não concorreu a um mandato direito, mas receberá um assento através da lista da CDU em seu estado.

Novo governador

O atual secretário dos Transportes da Renânia do Norte-Vestfália, Hendrik Wüst, foi o escolhido por Laschet para sucedê-lo como governador. No sábado, Wüst foi eleito líder estadual da CDU, também substituindo Laschet.

Na quarta-feira, o parlamento estadual renano deve realizar uma votação para confirmá-lo como governador. Wüst é advogado, tem 46 anos e é visto como membro da ala mais conservadora da CDU.  

No sábado, em seu discurso final como líder do partido, Laschet exortou os membros da CDU a permanecerem unidos antes das próximas eleições regionais, em 2022: A CDU na Renânia do Norte-Vestfália nunca deve ser dividida novamente", disse Laschet, que em sua gestão conseguiu sanar divisões internas no partido.

Risada inoportuna

Os quatro anos da gestão de Laschet ficaram manchados nos últimos meses não só pela derrota nas eleições, mas por uma risada inoportuna durante visita a um dos locais devastados em meados do ano por uma enchente que deixou 49 mortos e centenas de desabrigados.

Nascido em Aachen, na fronteira com a Bélgica e a Holanda, Laschet é formado em direito e já trabalhou como jornalista antes de entrar na política. Sua família tem laços com o sul da Bélgica, e ele fala francês fluentemente.

le/av (AFP,DPA,ots)