1. Pular para o conteúdo
  2. Pular para o menu principal
  3. Ver mais sites da DW
Ônibus vermelho e turistas puxam malas em rua de Madri
Passageiros vindos do Brasil devem estar completamente vacinados pelo menos 14 dias antes da data de entrada na EspanhaFoto: DW/Wiktor Tscheretski

Espanha libera entrada de brasileiros vacinados

24 de agosto de 2021

Quem chega do Brasil ao país europeu com imunização completa contra a covid-19 não tem que fazer quarentena. São aceitas todas as vacinas autorizadas pela Anvisa, inclusive a CoronaVac.

https://www.dw.com/pt-br/espanha-libera-entrada-de-brasileiros-vacinados/a-58965181

Viajantes com origem do Brasil com imunização completa para o coronavírus podem entrar na Espanha sem necessidade de fazer quarentena a partir desta terça-feira (24/08).

Segundo as novas regras, anunciadas pela embaixada da Espanha no Brasil, são aceitas todas as vacinas autorizadas no Brasil: Pfizer, Janssen, CoronaVac e AstraZeneca (incluindo a Covishield, que é a versão do imunizante da AstraZeneca fabricada pelo Instituto Serum da Índia).

Os passageiros devem ter o esquema vacinal completo e devem estar vacinados pelo menos 14 dias antes da data de entrada na Espanha. Nestes casos, não é necessário apresentar nenhum teste diagnóstico adicional.  

Para entrar no país, é preciso apresentar o certificado de vacinação, que deve ser traduzido em espanhol, inglês, francês ou alemão.

Para vacinas aplicadass no Brasil, é necessário apresentar o certificado digital do Ministério da Saúde na versão em espanhol. Para vacinas aplicadas na Espanha ou em outro país da União Europeia (UE), o viajante deve apresentar o certificado digital covid da UE.

Exame na entrada

Todos os passageiros devem passar por um exame de saúde no aeroporto que incluirá, no mínimo, medição de temperatura, checagem dos documentos e verificação visual do estado de saúde. É possível que as autoridades espanholas considerem necessária a realização de um teste de diagnóstico na chegada.

Passageiros não vacinados e que não tenham tido covid-19 têm que apresentar um teste de diagnóstico para entrar na Espanha. Mas nesse caso, a entrada é permitida a um grupo restrito, que inclui, entre outros, cidadãos da União Europeia e residentes na UE (veja aqui outros casos permitidos e mais detalhes sobre as regras para entradas de brasileiros na Espanha e em outros países europeus).

Passageiros não vacinados que tiveram a doença podem apresentar certificado de recuperação, desde que já tenham decorrido mais de 11 dias desde a realização do primeiro teste NAAT positivo após o adoecimento. O certificado terá validade de 180 dias a partir de então. O documento deve ser traduzido ao espanhol, inglês, francês ou alemão.

Alemanha, Espanha, França, Finlândia e Suíça são algumas das nações que aceitam a entrada de turistas do Brasil totalmente vacinados. Já a Irlanda permite a entrada de qualquer viajante brasileiro – totalmente vacinado ou não. 

md/lf (ots)