Erupção de vulcão deixa Bali em alerta máximo | Notícias internacionais e análises | DW | 27.11.2017
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages
Publicidade

Mundo

Erupção de vulcão deixa Bali em alerta máximo

Indonésia ordena a saída de 100 mil residentes de zonas próximas do monte Agung. Coluna quilométrica de cinzas força o fechamento de aeroportos, dezenas de milhares de turistas estão ilhados na Indonésia.

Coluna de cinzas de quatro quilômetros domina o cenário paradisíaco de Bali, principal ponto turístico da Indonésia

Coluna de cinzas de quatro quilômetros domina o cenário paradisíaco de Bali, principal ponto turístico da Indonésia

Autoridades da Indonésia elevaram nesta segunda-feira (27/11) para o nível máximo o alerta devido à erupção vulcânica na ilha turística de Bali e ordenaram a retirada de toda a população num raio de dez quilômetros. As 22 localidades dentro desse perímetro contam aproximadamente 100 mil habitantes.

Assistir ao vídeo 01:07

Vulcão entra em processo de erupção em Bali

A agência indonésia de gestão de desastres Bnpb disse que o alerta foi elevado ao nível máximo "em antecipação à possibilidade e ao risco iminente de desastre". Além disso, o aeroporto internacional de Bali foi fechado por pelo menos 24 horas – autoridades condicionaram a reabertura na terça-feira a uma avaliação da situação.

O monte Agung, um vulcão ativo na ilha turística de Bali na Indonésia, entrou em erupção no domingo, expelindo uma coluna de cinzas que ultrapassaram os quatro quilômetros de altura acima da cratera, e que obrigou o fechamento já no domingo do pequeno aeroporto internacional da ilha vizinha de Lombok.

O alerta foi elevado ao nível máximo depois que as erupções à base de vapor se transformaram em erupções magmáticas. A cratera do vulcão Agung está se enchendo de lava "que certamente transbordará pelas encostas", disse o porta-voz da agência de gestão de desastres da Indonésia, Sutopo Purwo Nugroho.

Vulcanólogos disseram que a presença da lava é por vezes refletida na nuvem de cinzas, que assume um tom avermelhado, mesmo durante o dia. "Não esperamos uma grande erupção, mas temos que ficar alertas e prevenir", disse o diretor da agência geológica da Indonésia, Kasbani, que como muitos indonésios usa apenas um nome.

Indonesien Bali Ausbruch des Vulkans Mount Agung

Autoridades ordenaram a retirada de cerca de 100 mil habitantes, mas muitos permaneceram nos arredores do monte Agung

Autoridades locais ordenaram a distribuição imediata de máscaras, dado que as cinzas vulcânicas continuam caindo em inúmeras aldeias.

Os cancelamentos de voos deixaram dezenas de milhares de turistas literalmente ilhados. A AirAsia cancelou mais de 30 voos no domingo, enquanto Virgin e KLM já haviam cancelado diversos voos no sábado.

O departamento de transporte terrestre da Indonésia informou ter colocado 100 ônibus à disposição para serem enviados ao aeroporto de Bali e terminais marítimos para ajudar os turistas. Os principais pontos de travessia marítima foram aconselhados a se prepararem para um pico de passageiros e veículos. Os turistas podem deixar a ilha de Bali de barco, para a ilha vizinha de Java, e depois seguir por terra para o aeroporto mais próximo.

A última grande erupção deste vulcão ocorreu em 1963 e matou cerca de 1.100 pessoas. Bali é o principal destino turístico da Indonésia, com uma afluência mensal de cerca de 200 mil turistas estrangeiros, segundo dados oficiais.

O arquipélago da Indonésia está localizado sobre o chamado "Anel de Fogo" do Pacífico, uma zona de grande atividade sísmica e vulcânica que sofre milhares de sismos por ano, a maioria moderados.

PV/efe/lusa/ap/rtr/afp/dpa

___________

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube | WhatsApp | App

Leia mais

Áudios e vídeos relacionados