1. Pular para o conteúdo
  2. Pular para o menu principal
  3. Ver mais sites da DW
ArquiteturaAlemanha

Tradição e modernidade: os telhados de junco do Mar do Norte

Jana Oertel
31 de julho de 2020

[Vídeo] A instalação de telhados de palha, típicos da ilha de Sylt, foi declarada patrimônio cultural imaterial da humanidade pela UNESCO em 2014. Mas para que essa tradição se mantenha, não bastam arquitetos que queiram aplicar o material.

https://www.dw.com/pt-br/entre-tradi%C3%A7%C3%A3o-e-modernidade-os-telhados-de-junco-do-mar-do-norte/video-54395063

De moradia popular no passado a propriedades de luxo: as casas com telhado de junco da ilha alemã de Sylt, no Mar do Norte, hoje valem alguns milhões de euros. Em Kampen, por exemplo, região nobre da ilha, é obrigatório que as novas construções sigam o mesmo padrão. Tradicionalmente, o material natural era costurado ao telhado em pequenos fardos. Hoje em dia, também é preso com parafusos. Mas a mão de obra deste ofício vem diminuindo, o que dificulta o trabalho das empresas de instalação. Boa parte do junco usado nos telhados é extraída da região. Como pássaros fazem ninhos no local, ele só pode ser ceifado no inverno. Mas como a produção local é muito pequena com relação a demanda, grande parte da palha precisa ser importada da Hungria, Romênia e até da China.