Em meio a controvérsia, Papa e primaz anglicano falam em aproximação | Notícias e análises internacionais mais importantes do dia | DW | 21.11.2009
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Em meio a controvérsia, Papa e primaz anglicano falam em aproximação

Numa clima de tensão causado pelas novas regras de conversão da Igreja Católica, o Papa Bento 16 e o primaz anglicano, Rowan Williams, se reúnem no Vaticano para debater as relações entre as duas Igrejas.

default

Igreja Anglicana aceita mulheres como sacerdotes

O papa Bento 16 e o primaz da Igreja Anglicana e arcebispo de Canterbury, Rowan Williams, reforçaram neste sábado (21/11), após encontro no Vaticano, o desejo comum de fazer avançar o ecumenismo.

O encontro entre o primaz da Igreja Anglicana o Papa se deu num contexto de tensão entre as duas Igrejas, causada pela possibilidade, criada recentemente pelo líder católico, de conversão coletiva de anglicanos para a Igreja Católica.

Papst Benedikt 16 und der Papst Benedikt Rowan Williams in Rom

Bento 16 e Rowam Williams se encontraram em Roma

Através da Constituição Apostólica Anglicanorum coetibus (grupo de anglicanos, em latim), Bento 16 pretende criar uma estrutura dentro da Igreja Católica que permite atrair anglicanos, oferecendo-lhes a possibilidade de manter suas tradições. Dessa forma, padres casados poderão continuar a exercer suas atividades como sacerdotes na Igreja Católica, no contexto de uma estrutura eclesiástica própria.

Com essa nova estrutura, o Vaticano reage ao crescente descontentamento de muitos anglicanos sobre o curso de sua Igreja, que aceita mulheres e homossexuais assumidos como sacerdotes e abençoa uniões entre pessoas do mesmo sexo.

"Copo do ecumenismo semicheio"

A inovação de Bento 16 foi recebida de forma controversa pelos membros da Comunidade Anglicana. Desde a última quinta-feira (19/11), Williams se encontra com uma pequena delegação no Vaticano para discutir a questão.

Em colóquio realizado na Pontifícia Universidade Gregoriana em Roma, Williams disse que o "copo do ecumenismo está semicheio". Na ocasião em que foram lembrados os cem anos de nascimento do cardeal holandês Johannes Willebrands (1909-2006), um dos precursores do ecumenismo na Igreja Católica, ele atribui à Santa Sé a responsabilidade pela separação entre anglicanos e católicos.

König Henry VIII. von England (1509-1547) und von Irland (1541-1547)

Henrique 8° fundou Igreja da Inglaterra

Segundo Williams, a Igreja Católica deveria justificar por que os acordos já alcançados em questões centrais da Fé têm menos importância que motivos jurídicos e institucionais para explicar a separação.

Williams classificou de "fantasiosa" a criação por parte do Papa de uma estrutura eclesiástica especial, para atrair anglicanos que queiram se converter para o Catolicismo. Na opinião de Williams, isso não levará a uma conversão em massa de anglicanos.

Reunificação sem êxito

Na sexta-feira, Williams celebrou um culto ecumênico com o cardeal Walter Kasper, presidente do Conselho Pontifício para a Promoção da Unidade dos Cristãos. O primaz da Igreja Anglicana já visitou o Vaticano em 2005, 2006 e 2008. O antecessor de Williams, George Carey, já havia se encontrado seis vezes com o papa João Paulo 2° em anos anteriores.

No entanto, a história dos encontros de cúpula entre papas e primazes anglicanos é bastante recente. Antes de 1960, a última vez que um primaz da Igreja da Inglaterra visitou Roma foi em 1397, bem antes da Reforma Anglicana.

A Igreja Anglicana surgiu quando, em 1533, Henrique 8° rompeu com o Papa por este ter se negado a anular seu casamento. Em 1534, o monarca inglês tornou-se o chefe da nova igreja estatal. Em questões de Fé, os anglicanos mantiveram, primeiramente, a doutrina católica. Mais tarde, a influência protestante se impôs.

A Comunidade Anglicana mundial conta com cerca de 78 milhões de membros. Há décadas que se discute, sem sucesso, uma reunificação das Igrejas Católica e Anglicana. O abismo entre tradicionalistas e liberais dentro da Igreja Anglicana é um dos motivos mais recentes para tal falta de êxito.

CA/ap/epd/kna

Revisão: Alexandre Schossler

Leia mais