Em Colônia, curso dá dicas para interpretar o Papai Noel | Notícias sobre política, economia e sociedade da Alemanha | DW | 23.12.2008
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Em Colônia, curso dá dicas para interpretar o Papai Noel

Entregar presentes no Natal não é tão simples quanto parece. É preciso uma atitude correta, boas maneiras e a vestimenta adequada. Na Alemanha, há quem receba aulas para exercer a profissão de Papai Noel.

default

Uma saída profissional em tempos de crise?

O que pode ser mais representativo desses dias de Natal do que a figura do Papai Noel? Seja em grandes lojas, seja em festas infantis, reuniões familiares, bares e empresas: tamanha é a procura por bons velhinhos para alegrar festas e entregar presentes que trabalhar como Papai Noel pode resultar numa boa maneira de ganhar dinheiro extra.

BdT Weihnachtsmannlauf

Papais-noéis no Natal: um em cada esquina

Na cidade de Colônia, na Alemanha, os aspirantes a Papai Noel são treinados para que não falte nenhum detalhe nas suas apresentações. O encarregado de instrui-los é Stefan Dössereck, de 40 anos, um especialista no assunto. Nos últimos 15 anos, ele foi contratado para ser o Papai Noel em mais de 1,7 mil eventos.

Com uma procura tão grande, há nove anos Dössereck decidiu formar novas gerações de papais-noéis. Este ano, 12 alunos entre 16 e 68 anos vindos de toda a Alemanha estão reunidos no bairro de Lövenich para ouvir o mestre. No entanto, uma coisa deve ficar clara para os aprendizes logo no início do curso: "Eu sou, evidentemente, o autêntico Papai Noel, e fico feliz de formá-los como ajudantes de Papai Noel", afirma Dössereck.

Mas antes de iniciar o curso, uma prova de fé. "O mais importante de tudo: você acredita em Papai Noel?", pergunta o professor. E os alunos, claro, respondem: "Sim, acredito em Papai Noel, do contrário não estaria aqui".

A roupa é fundamental

Gorro vermelho com pompom, um casaco vermelho até os joelhos, calças largas também vermelhas e as botas correspondentes. Sem esquecer do cinto de couro, negro e com fivela metálica, e das luvas brancas. Essa é a indumentária básica do Papai Noel. Também é preciso cuidar da aparência da barba e da peruca, sobretudo para que o branco de ambas não destoe. Evidentemente, nada de perfumes ou cheiro de álcool e cigarro quando é a hora de encarnar o mitológico personagem.

Há ainda dicas de como preparar a visita a uma família, quanto tempo permanecer numa residência e quanto cobrar pelos serviços.

Deutschland Köln Schulung für Weihnachtsmänner

Indumentária é fundamental

Os truques também são importantes. Aos que se sentirem incômodos com a vestimenta, Dössereck recomenda que sentem cada dia, por duas horas, para ver televisão vestidos de Papai Noel. Em natais com várias famílias, é necessário ter cuidado para que uma criança não receba o mesmo presente mais de uma vez.

Somente para os entusiastas

O que também deve ficar claro é que um trabalho como esse é somente para entusiastas. Dössereck já adverte aos futuros papais-noéis que não esperem ganhar muito dinheiro na profissão. Mas os aspirantes são movidos por outras motivações. Como Bernd Küppers, de Bedburg: "Eu me divirto. Atuar como Papai Noel e fazer as crianças felizes é uma das coisas mais bonitas que se pode fazer".

Também há os que querem melhorar sua performance. É o caso de Daniel Ehrbrecht, que há três anos interpreta Knecht Ruprecht, o ajudante de São Nicolau – a figura natalina que a cada 6 de dezembro visita as crianças alemãs carregado de doces. Agora quer "progredir" e, por isso, se prepara para ser Papai Noel.

Como os demais, ao final do curso Ehrbrecht canta a Nikolaus Lied (Canção de São Nicolau) e recebe um diploma que certifica que está preparado para exercer o papel. "A partir de agora, você pode dizer que é o autêntico Papai Noel", sentencia Dössereck.

Leia mais

  • Data 23.12.2008
  • Autoria Nadja Baeva (jba)
  • Imprimir Imprimir a página
  • Link permanente https://p.dw.com/p/GLLD
  • Data 23.12.2008
  • Autoria Nadja Baeva (jba)
  • Imprimir Imprimir a página
  • Link permanente https://p.dw.com/p/GLLD