DW protesta contra interrupção de sinal no Oriente Médio | Notícias e análises internacionais mais importantes do dia | DW | 19.10.2012
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

DW protesta contra interrupção de sinal no Oriente Médio

Emissoras ocidentais, entre elas a Deutsche Welle, suspeitam que bloqueio tenha sido motivado por questões políticas. Especialistas acreditam que medida seria reação do Irã a sanções do Ocidente.

A interrupção na transmissão de diversos canais ocidentais de rádio e televisão no Oriente Médio durante esta semana teria sido proposital, segundo acusam as emissoras. De acordo com um porta-voz da operadora francesa de satélite Eutelsat, a interferência "deliberada e intermitente" teria partido da Síria. Já na avaliação de especialistas, o Irã estaria por trás do problema com os sinais.

A interrupção afetou a ransmissão de programas da Deutsche Welle, BBC e Voice of America. As empresas consideram a medida como censura estatal.

O superintendente da DW, Erik Bettermann, reagiu às recentes ações contra a liberdade de imprensa. Segundo Bettermann, a Deutsche Welle – que teve suas transmissões interrompidas na manhã de quinta-feira – deve apresentar em breve uma resolução conjunta com as outras emissoras atingidas.

A britânica BBC confirmou uma interrupção no canal BBC World News de língua inglesa e também no programa de TV em árabe, assim como nas transmissões de rádio nos dois idiomas. Por meio de uma porta-voz, a BBC condenou a flagrante infração das regras internacionais sobre uso de satélites e também a tentativa de atrapalhar o "livre acesso à informação".

Resposta a sanções

O governo em Teerã já havia interrompido repetidas vezes em anos anteriores as transmissões da DW, da BBC e da Voice of America. Segundo informações do jornal alemão Frankfurter Allgemeine Zeitung, a medida seria uma reação à suspensão da retransmissão de 19 programas iranianos pelo satélite Hotbird. A Eutelsat e a britânica Arqiva cumpriam sanções internacionais impostas ao Irã.

A Eurostat é uma das maiores operadoras de satélite do mundo. A empresa francesa transmite mais de 4.250 canais de televisão para mais de 200 milhões de residências na Europa, no Oriente Médio e na África.

MSB/afp/dw
Revisão: Francis França

Leia mais