Droga spice é proibida na Alemanha | Notícias sobre política, economia e sociedade da Alemanha | DW | 21.01.2009
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Droga spice é proibida na Alemanha

A "mescla de ervas" que está em moda no país nos últimos meses representa alto risco para a saúde, adverte o governo alemão.

default

A droga contém uma substância psicoativa quatro vezes mais forte do que a maconha

A produção, a posse e o comércio da droga conhecida como spice serão considerados crime a partir desta quinta-feira (22/01) na Alemanha, segundo um comunicado do Ministério alemão da Saúde. A droga ganhou grande popularidade entre os jovens na Alemanha, onde estava sendo vendida como uma mistura natural de ervas, contornando, assim, as leis antidrogas.

No entanto, testes mostraram que spice contém uma substância sintética potencialmente prejudicial, que produz os mesmos efeitos da substância natural psicoativa da cannabis, planta da qual se produz a maconha. Mas spice é quatro vezes mais forte, advertem estudiosos.

Efeitos colaterais

"A droga spice não é inofensiva e deve ser retirada de circulação rapidamente", disse a ministra da Saúde alemã, Ulla Schmidt. Já a encarregada do governo no combate às drogas, Sabine Bätzing, afirmou que "vender spice como um cigarro inofensivo de ervas é fraudulento".

Testes mostraram que fumar a droga pode causar alucinações e levar a efeitos colaterais mais fortes, como ataques de pânico e náusea. O consumo pode levar a problemas cardíacos, de circulação e no sistema nervoso, explicou a encarregada do governo alemão para o combate às drogas, Sabine Bätzing.

A proibição, que prevê uma multa para aqueles que a desrespeitem, ficará em vigor por 12 meses, até que seja sancionada uma lei permanente.

Leia mais