Dinamarca recebeu 20 toneladas de ovos contaminados | Notícias internacionais e análises | DW | 10.08.2017
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Dinamarca recebeu 20 toneladas de ovos contaminados

Governo dinamarquês diz que produto foi vendido a estabelecimentos e fornecedores e não chegou ao consumidor comum. Áustria e Romênia também identificam lotes tóxicos. Holanda prende dois suspeitos por contaminação.

default

Pesticida fipronil foi utilizado em produções avícolas na Holanda para combater ácaros em galinhas

O governo da Dinamarca divulgou nesta quinta-feira (10/08) que 20 toneladas de ovos contaminados foram vendidos a estabelecimentos e fornecedores alimentícios.

"A companhia dinamarquesa Danaeg recebeu um total de 20 toneladas de ovos cozidos e descascados de um fornecedor belga", informou a administração veterinária e alimentar dinamarquesa.

Segundo a agência do governo, a maior parte dos ovos foi vendida a cafeterias e empresas de fornecimento. A administração ressalta que os ovos "provavelmente não foram vendidas a lojas de varejo a um nível significativo" e não representaram riscos aos consumidores.

Os ovos produzidos na Holanda foram contaminados pelo pesticida tóxico fipronil. O escândalo gerou um alerta alimentar lançado pelas autoridades holandesas. Segundo a Comissão Europeia, os ovos contaminados também chegaram à França e ao Reino Unido. De forma preventiva, os governos da Suécia e Suíça também foram notificados de que ovos tóxicos também poderiam ter entrado em seus territórios.

Escândalo alimentar

Centenas de quilos de ovos cozidos e descascados procedentes de lotes alemães suspeitos de estar contaminados com o fipronil também foram vendidos ao setor gastronômico da Áustria. O governo austríaco ordenou a retirada do produto em todo o país.

A Agência para a Saúde e a Segurança Alimentar da Áustria (AGES) informou que a quantidade de fipronil encontrada em ovos na Alemanha é nociva à saúde de um adulto caso a pessoa coma mais de sete ovos por dia. Um só ovo pode afetar uma criança pequena de cerca de dez quilos.

Uma tonelada de ovos contaminados também foi identificada num armazém da província de Timis, na Romênia, informou a autoridade de saúde veterinária romena ANSVSA. O órgão ressaltou que o produto não chegou a ser comercializado.

O fipronil é um inseticida proibido na União Europeia (UE). A substância tóxica foi utilizada para tratar a presença de um ácaro denominado dermanyssuss gallinae em galinhas.

Nesta quinta, dois diretores de uma empresa que alegadamente usa o pesticida em produções avícolas foram presos na Holanda suspeitos de serem responsáveis pela contaminação.

Embora não tenha havido nenhum caso de problemas de saúde provocados pelos ovos tóxicos, os procuradores holandeses consideram que a saúde pública foi ameaçada.

KG/efe/ap/dpa

Leia mais