Depois de conseguir apoio russo, Maduro ironiza Donald Trump | Notícias sobre a América Latina e as relações bilaterais | DW | 09.10.2017
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

América Latina

Depois de conseguir apoio russo, Maduro ironiza Donald Trump

Em seu programa dominical na televisão venezuelana, Maduro ironizou o presidente dos Estados Unidos, reproduzindo as declarações de Donald Trump sobre uma "ditadura na Venezuela".

Assistir ao vídeo 01:29

Nicolás Maduro disse que se tornou uma "obsessão fatal" para o senhor Donald Trump. Para o presidente venezuelano, Trump se assumiu como chefe político da oposição venezuelana. "Digo, essa oposição não “me servir”, “não me servir para nada”, Julio Borges “não me servir”", imitou Maduro, ao vivo, o sotaque do presidente norte-americano.