Coronavírus e meio ambiente | DW Brasil | Notícias e análises do Brasil e do mundo | DW | 27.05.2020

Conheça a nova DW

Dê uma olhada exclusiva na versão beta da nova DW. Sua opinião nos ajudará a torná-la ainda melhor.

  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages
Publicidade

NOTÍCIAS

Coronavírus e meio ambiente

Todas as atenções estão voltadas para a pandemia. Mas os crimes ambientais não param. O Futurando traz o alerta de ambientalistas e mostra a importância de cuidar das nossas florestas.

Assim como a covid-19 é um perigo mundial, o desmatamento ilegal também, e avança silenciosamente diante da emergência de saúde. Ativistas do meio ambiente no Brasil estão preocupados. O Futurando perguntou a entidades de proteção ambiental quais os desafios de proteger a natureza em meio à pandemia. É o que você confere nesta edição.

A equipe da DW viajou até a Romênia. Visitamos uma região próxima da Transilvânia, onde fica uma das últimas florestas intocadas da Europa. Acompanhamos um time de cientistas da Universidade Checa de Ciências da Vida, que há anos estudam o vale do rio Boia Micã. Segundo eles, o local esconde um tesouro tão especial como uma joia rara, e tão misterioso quanto um planeta desconhecido.

O Boia Micã é um dos maiores e mais bonitos vales florestais do continente. Os pesquisadores acreditam que florestas primárias como essa tragam respostas de como o meio ambiente irá enfrentar situações extremas futuras. Além da Romênia, outros oito países fazem parte do estudo. Para a pesquisa, os cientistas selecionaram aleatoriamente áreas circulares com aproximadamente o tamanho de uma quadra de basquete. Isso resultou em mais de mil locais, com quase 40 mil amostras de madeira. O arquivo do grupo já é o maior banco de dados de florestas da Europa.

Este programa também traz algumas curiosidades sobre as árvores estudadas nos últimos anos pela ciência. Será que elas sentem dor? Será que dormem? O Futurando mostra semelhanças entre essas plantas e os humanos. Por exemplo, o cuidado que as árvores adultas têm com seus "filhotes", comparável à amamentação. E a capacidade delas de se comunicar em caso de perigo. Explicações sobre essas e outras questões intrigantes esperam você.