Coreia do Norte realiza desfile militar na véspera de Jogos de Inverno | Notícias internacionais e análises | DW | 08.02.2018
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Ásia

Coreia do Norte realiza desfile militar na véspera de Jogos de Inverno

Em paralelo à ofensiva diplomática durante evento esportivo na Coreia do Sul, Pyongyang realiza desfile militar para comemoração dos 70 anos de seu Exército.

Desfile militar norte-coreano na praça Kim Il-sung um dia antes do início dos Jogos Olímpicos de Inverno

Desfile militar norte-coreano na praça Kim Il-sung um dia antes do início dos Jogos Olímpicos de Inverno

A Coreia do Norte realizou nesta quinta-feira (08/02) um desfile militar de grande porte para comemorar o 70º aniversário da fundação de seu Exército, um dia antes do início dos Jogos Olímpicos de Inverno na cidade sul-coreana de Pyeongchang.

O desfile em Pyongyang ocorreu em meio à expectativa da participação norte-coreana nos Jogos de Inverno, enquanto o regime norte-coreano visa uma reaproximação com a Coreia do Sul.

Leia também: Pyeongchang: Jogos para quem?

Assistir ao vídeo 01:05

Coreia do Norte comemora com desfile 70 anos das Forças Armadas

O país enviou ao sul uma delegação de atletas, animadoras de torcida e até a irmã do líder Kim Jong-un, numa ofensiva diplomática para suavizar sua imagem após o agravamento das tensões em torno de seu programa nuclear e a retórica agressiva que dominou as relações entre a Coreia do Norte e os Estados Unidos.

Haverá ainda em Pyeongchang a participação de uma equipe conjunta de hóquei no gelodas duas Coreias. As delegações dos dois países desfilarão juntas na cerimônia de abertura dos Jogos, nesta sexta-feira, sob uma bandeira da Península Coreana unificada. 

Regimentos de soldados desfilaram pela praça Kim Il-sung, na capital sul-coreana, seguidos por tanques, veículos de artilharia e gigantescos mísseis balísticos. Fogos de artifício marcaram a chegada do líder Kim Jong-un à tribuna de onde assistiu ao desfile acompanhado da esposa, Ri Sol-ju, e do chefe de Estado cerimonial, Kim Yong-nam, que chefiará a delegação norte-coreana nos Jogos de Pyeongchang.

O líder Kim Jong-un e a esposa, Ri Sol-ju

O líder Kim Jong-un chega para assistir ao desfile acompanhado de sua esposa, Ri Sol-ju

"Nós nos tornamos capazes de demonstrar nossa estatura ao mundo como um poder militar de nível global", disse Kim, alertando que as Forças Armadas do país devem permanecer em alerta máximo para assegurar que os invasores não violem a soberania do país "nem por 0,001 milímetro".

O governo norte-coreano costuma convidar centenas de jornalistas estrangeiros para testemunharem suas paradas militares, o que não ocorreu desta vez. O motivo poderia ser a intenção de Pyongyang de controlar a forma como o evento seria mostrado ao mundo, o que também explicaria a decisão de não transmiti-lo ao vivo pela televisão.

No mês passado, o anúncio de que Pyongyang comemoraria o aniversário do Exército na véspera do início dos Jogos de Inverno gerou um mal-estar em Seul pelo temor de que o evento pudesse ofuscar os acordos alcançados para a participação norte-coreana no evento esportivo.

Alguns observadores dizem que a postura aparentemente contraditória do regime de Kim Jong-un seria uma tentativa de normalizar perante o mundo seu status de potência nuclear. Poderia ainda ser uma investida do regime para enfraquecer as sanções contra o país ou colocar a Coreia do Sul e os EUA em lados opostos.

O último desfile militar celebrado pela Coreia do Norte ocorreu no dia 15 de abril do ano passado, na ocasião do feriado que marcou o 105º aniversário do nascimento de Kim Il-sung, fundador da República Popular Democrática da Coreia – nome oficial do país. Na data, o regime de Kim Jong-un exibiu novos mísseis balísticos, alarmando a comunidade internacional.

RC/efe/afp

----------------

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube | WhatsApp | App

Leia mais

Áudios e vídeos relacionados