Como tratar déficit de atenção e hiperatividade sem remédio | Programa de ciência, meio ambiente e tecnologia da DW Brasil | DW | 12.07.2016
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Futurando!

Como tratar déficit de atenção e hiperatividade sem remédio

Neste Futurando, a nossa equipe mostra tratamentos alternativos para transtornos neurológicos, como autismo e déficit de atenção e hiperatividade (TDAH). Mas, como sempre, tem muito mais.

Um médico holandês, com ajuda de uma especialista em bilogia molecular, conseguiu tratar um jovem de 18 anos com um tipo único de fibrose cística, ou mucoviscidose. A doença dificulta a respiração porque o corpo passa a produzir um muco que se acumula em órgãos como o pulmão. Nesta edição do Futurando, você confere como foi o tratamento e os testes feitos em mini-órgãos fabricados a partir das células do garoto.

Não tão raro no Brasil, muito menos na Europa, o Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) também é um desafio para a medicina. Em vez de medicamentos, já é possível utilizar terapias alternativas em pessoas com o transtorno. O programa vai mostrar como funciona um método chamado Neurofeedback.

Um outro distúrbio neurológico cada vez mais diagnosticado no Brasil é o autismo. Esse também é um dos temas deste Futurando. Estima-se que existam cerca de 2 milhões de autistas no país. Em Berlim, na Alemanha, cientistas desenvolveram um software para fazer com que pacientes aprendam a diferenciar sentimentos. Com tempo de treino é possível notar avanços significativos.

No Japão, do outro lado do mundo, a nossa equipe visitou uma idosa que fez de tudo para consertar um cachorro-robô. O motivo de tanto empenho não foi só o medo da solidão. Vamos explicar um elemento da cultura japonesa que justifica o valor sentimental de objetos e, principalmente, o apego aos robôs.

Assistir ao vídeo 00:39

Veja nesta edição

O programa

O Futurando traz novidades sobre ciência, meio ambiente e tecnologia e é produzido todas as semanas pela redação brasileira da Deutsche Welle, em Bonn, na Alemanha.

O programa é exibido no Brasil pelo Futura aos domingos às 6h30, com reprise às segundas-feiras e às sextas-feiras; pela Rede Minas aos sábados, às 13h, com reprise às terças-feiras, às 18h30; pela TV Brasil, todos os domingos, às 15h30, pela TV Cultura aos domingos às 23h30; pela TV Câmara Tupã todos os sábados às 18h, com reprise às terças-feiras, às 19h40 e pela TV Climatempo aos sábados às 9h30, com reprise às terças e aos domingos. Você também pode ver vídeos do programa no Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro.

O Futurando é transmitido ainda em Moçambique pela Rede Tim, aos sábados, às 14h30.

Áudios e vídeos relacionados

Publicidade
default

DW Brasil no Twitter

Nossos 140 caracteres dizem tudo o que você precisa saber