Colisão de trens deixa dezenas de mortos na Itália | Notícias e análises internacionais mais importantes do dia | DW | 12.07.2016
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Colisão de trens deixa dezenas de mortos na Itália

Ao menos 22 pessoas morrem e dezenas ficam feridas numa colisão frontal entre dois trens no sul da Itália. Equipes de resgate retiram uma criança das ferragens.

Assistir ao vídeo 01:07
Ao vivo agora
01:07 min

Veja imagens da colisão na Itália

Uma colisão frontal entre dois trens no sul da Itália, na região de Apúlia (Puglia em italiano), deixou ao menos 22 mortos e 43 de feridos na manhã desta terça-feira (12/07).

O número de mortos divulgado inicialmente era de dez e foi depois sendo corrigido por autoridades regionais. A imprensa italiana afirmou que são 23 mortos. Ao menos duas pessoas foram resgatadas com vida dos escombros.

Autoridades disseram que o número total de vítimas deverá aumentar nas próximas horas, pois os trabalhos de resgate continuam.

O acidente aconteceu numa área rural entre as cidades de Corato e Andria. Os vagões frontais dos trens foram totalmente destruídos pela força do impacto.

"Estamos trabalhando com as equipes de resgate para abrir os vagões", disse Luca Cari, porta-voz dos bombeiros, acrescentando que eles salvaram uma criança das ferragens. "O resgate é complicado porque o acidente aconteceu no meio de uma área rural."

Ainda não foram reveladas as causas da colisão, que ocorreu por volta das 11h30 (hora local), em um dia quente de verão e tempo bom. "Não vamos parar até descobrirmos o que aconteceu", declarou o primeiro-ministro Matteo Renzi, que interrompeu uma visita a Milão, no norte do país.

Relatos iniciais na imprensa local informaram que muitos dos passageiros eram estudantes que se deslocavam para a universidade na cidade de Bari.

FF/efe/rtr/afp/ap

Leia mais

Áudios e vídeos relacionados