Colômbia rechaça intervenção militar com Brasil | Notícias sobre a América Latina e as relações bilaterais | DW | 30.10.2018
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

América Latina

Colômbia rechaça intervenção militar com Brasil

Ministro Carlos Holmes declarou que Colômbia não pensa em sugerir ao Brasil uma intervenção militar na Venezuela.

Assistir ao vídeo 00:59

O ministro das Relações Exteriores da Colômbia Carlos Holmes declarou que o governo de seu país descarta intervenção militar para resolver a crise. "O governo do presidente Iván Duque, tal como tem expressado reiteradamente o próprio mandatário, mantém uma tradição não belicista e busca, a partir de ações políticas e diplomáticas, regionais e multilaterais, contribuir para criar as condições para que mais rapidamente possível o povo irmão da Venezuela possa viver novamente em democracia e liberdade", disse.