Cientistas reconstroem rosto de adolescente que viveu há 9 mil anos | Notícias internacionais e análises | DW | 23.01.2018
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Cientistas reconstroem rosto de adolescente que viveu há 9 mil anos

A montagem do rosto da jovem foi feita com silicone a partir de um molde de terracota, que incluiu 26 músculos.

Assistir ao vídeo 01:14

Ela viveu em cavernas do Nordeste da Grécia. Os cientistas do projeto a batizaram de Avgi, que pode ser traduzido como “Aurora”. Avgi viveu 7 mil anos antes de Cristo, no período Mesolítico, chamado de “Aurora da Humanidade”. Os restos dela foram encontrados em 1993, enterrados na caverna de Theopetra. A reconstituição do rosto foi feita por pesquisadores da Universidade de Atenas.A montagem foi feita com silicone a partir de um molde de terracota, que incluiu 26 músculos. Avgi tinha entre 15 e 18 anos quando morreu.