Cidades alemãs entre as mais valorizadas do mercado imobiliário internacional | Notícias e análises sobre a economia brasileira e mundial | DW | 18.03.2008
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Economia

Cidades alemãs entre as mais valorizadas do mercado imobiliário internacional

Embora o interesse dos investidores esteja se transferindo da Europa para Ásia, as cidades alemãs se tornam cada vez mais cobiçadas no mercado imobiliário.

default

Prenzlauer Berg: um dos bairros prediletos de moradia em Berlim

Pela primeira vez em anos, Berlim, Munique, Hamburgo e Frankfurt estão entre as mais cobiçadas cidades da Europa – pelo menos no tocante ao interesse imobiliário. Isso foi o que apontou uma pesquisa realizada pela empresa de consultoria PriceWaterhouseCoopers entre quase 500 investidores do setor. Hamburgo e Munique, que já estão há muito entre as cidades mais cobiçadas para se investir em moradia, ocupam o terceiro e quarto lugares da lista deste ano. Já as capitais política e financeira da Alemanha, ou seja, Berlim e Frankfurt, passaram de 25º e 27º lugares, respectivamente, para a 7ª e a 9ª posição da lista. Frankfurt é especialmente atraente para quem investe em imóveis comerciais. Já Berlim é mais interessante para moradias. Mesmo que 45% dos participantes da pesquisa aconselhem a compra de imóveis em ambas as cidades, ainda se adverte que o risco de desvalorização aqui é bem maior do que em mercados imobiliários estabelecidos, como Munique e Hamburgo. Capital britânica em baixa Londres, uma das cidades mais valorizadas da Europa, está em baixa. A capital britânica, onde garagens são vendidas a preços correspondentes aos de mansões em outras partes da Europa, caiu de 2º para 15º lugar em um ano. "Como o mercado imobiliário do Reino Unido depende diretamente do capital estrangeiro, está sofrendo enormemente com a crise do setor de imóveis nos EUA", explica Helmut Trappmann, um dos pesquisadores envolvidos no estudo. "A Alemanha, por sua vez, está em alta em conseqüência de uma margem de risco ainda controlável e de um contínuo clima favorável para negócios." De forma geral, no entanto, os investimentos na Europa continuam caindo. Em 2006, o volume investido diretamente em imóveis no continente era de 242 bilhões de euros; já em 2007, esta quantia caiu para 220 bilhões. Segundo aponta o estudo, o interesse dos investidores tende a se transferir da Europa para a Ásia. Lista das dez cidades mais valorizadas da Europa:
  1. Paris (1º lugar em 2007)
  2. Estocolmo (3)
  3. Munique (4)
  4. Lyon (5)
  5. Helsinki (6)
  6. Hamburgo (9)
  7. Istambul (11)
  8. Moscou (19)
  9. Berlim (25)
  10. Frankfurt (27)

Leia mais