Cidadãos de Bonn lutam por Beethoven | Quem foi Beethoven | DW | 10.09.2009
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Beethoven

Cidadãos de Bonn lutam por Beethoven

Durante décadas, a cidade de Bonn teve estranha má vontade com sua principal celebridade. Após salvar o Beethovenfest, uma associação continua se empenhando pelo compositor. Sua causa atual: uma sede para o festival.

default

Beethovenhalle, um dos palcos do festival

Os cidadãos de Bonn não ficaram exatamente entusiasmados com a sugestão de Franz Liszt de que se construísse um memorial para o mais célebre filho da cidade – ainda mais a ser financiado por eles próprios. Mas o compositor não desistiu, fez doações generosas, e em 1845 a cidade ganhou não apenas seu monumento, como também o primeiro Beethovenfest.

Quase 150 anos mais tarde, o tradicional festival internacional de música esteve ameaçado de acabar. Porém, dessa vez alguns habitantes mais engajados não quiseram aceitar o fato, como recorda Manfred Jung, presidente da associação Cidadãos por Beethoven.

"Em 1995, 1996 e 1998, os cidadãos promoveram seu próprio festival, denominado 'Maratona Beethoven'. O primeiro foi em dezembro de 1995, no dia em que o compositor foi batizado: 23 horas de música sem parar, com 29 concertos em 12 locais diferentes, cinco grandes orquestras e mais de 600 artistas."

História de sucesso

Contando 300 membros ao ser fundada em 1993, neste meio-tempo a Cidadãos por Beethoven triplicou o número de seus afiliados. Não se trata apenas do envolvimento individual dos "cidadãos cultos", ressalva Jung:

"Temos como membros uma série de empresas, o que mostra a participação da iniciativa privada. Quando observamos a história do Beethovenfest, temos que constatar que houve uma grande evolução: 92% de lotação esgotada, com 60 mil espectadores só para o programa principal, sem contar a programação paralela."

Além da preservação da memória de Ludwig van Beethoven na cidade e na região, a associação tem outros campos de atuação, como o incentivo aos novos talentos. Há alguns anos, ela concede aos cinco mais jovens intérpretes do festival o Anel Beethoven. Entre os laureados encontram-se, por exemplo, a violinista Julia Fischer e o regente venezuelano Gustavo Dudamel.

Uma nova causa

Mas a Cidadãos por Beethoven também se engaja pelos jovens de Bonn e dos arredores. Desde 2003 o projeto Beethoven Bonnensis incentiva as escolas a buscarem, em seu "repertório atual" de música, arte, literatura e dança, formas de participar do festival, explica Jung.

A associação organiza os locais e a logística para essas apresentações, integrando alunos, professores e pais no evento internacional. Além disso, os jovens podem participar de oficinas e penetrar um pouco nos bastidores do Beethovenfest.

Após haver salvo o festival, os Cidadãos se empenham agora por uma nova causa: a construção da Beethoven Festspielhaus Bonn, a sala de concertos dedicada ao Beethovenfest. Jung conta que sua associação tem seguido atentamente todos os passos do empreendimento, "os projetos e os preparativos, o edital e a seleção".

"Dentro do possível, acompanhamos tudo de forma construtivamente crítica, e nas próximas semanas e meses nos empenharemos publicamente para realizarmos esse projeto do futuro."

Autor: Klaus Gehrke / Augusto Valente
Revisão: Simone Lopes

Leia mais

Publicidade