Ciências exatas e tecnologia: áreas de domínio masculino? | Programa de ciência, meio ambiente e tecnologia da DW Brasil | DW | 12.08.2020

Conheça a nova DW

Dê uma olhada exclusiva na versão beta da nova DW. Sua opinião nos ajudará a torná-la ainda melhor.

  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Futurando!

Ciências exatas e tecnologia: áreas de domínio masculino?

[Vídeo] Cada vez mais mulheres estudam ciências exatas e tecnologia. Mas homens ainda ocupam o dobro das vagas nesta área no mercado mundial, uma realidade que tem raízes profundas na história da civilização.

Assistir ao vídeo 05:34

Em muitas universidades, cerca de 50% dos alunos que ingressam nos cursos de ciências exatas e tecnologia são mulheres. Mas a cada passo na carreira, menos permanecem. Esse aumento na diferença de gênero é chamado de “leaky pipeline”, em português "vazamento na tubulação". Em todo o mundo, mais mulheres do que homens abandonam o curso de ciências exatas. Por quê? A resposta tem raízes históricas.