Chirac escapa de atentado | Notícias e análises internacionais mais importantes do dia | DW | 14.07.2002
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Chirac escapa de atentado

Um tiro de espingarda foi disparado por um neonazista enquanto o presidente Jacques Chirac desfilava em carro aberto, durante as festividades oficiais do feriado nacional francês. O jovem de 25 anos foi preso.

default

Presidente desfilou em carro aberto

Apesar do forte esquema de segurança por ocasião da parada militar pela Queda da Bastilha, o estudante Maxime Brunerie, de 25 anos, conseguiu levar uma arma escondida num estojo de violão e disparou um tiro. Graças à rápida reação das pessoas ao seu lado, ele foi dominado e ninguém foi ferido entre as milhares de pessoas que estavam na Avenida Champs Elysées, em Paris.

O rapaz, já conhecido da polícia pelas suas participações em passeatas neonazistas, foi preso e interrogado pela polícia. Ele confirmou que, pouco antes do início do desfile militar com quase 4 mil soldados, pretendia matar o presidente francês. Há poucas semanas, Chirac derrotou o ultradireitista Jean-Marie le Pen nas urnas.

Enquanto este distanciou-se do autor do disparo, chamando Brunerie de maluco, o presidente Chirac preferiu manter silêncio sobre o tema. Sua esposa, Bernadette, confirmou oficialmente a tentativa de atentado. Na tradicional entrevista coletiva à imprensa na tarde deste domingo (14), ele não comentou o acontecimento.

Chirac adora o banho na multidão. Já por diversas vezes o presidente francês não seguiu o protocolo e procurou o contato direto com pessoas e crianças, para a preocupação dos seus guarda-costas.

As principais atrações do desfile militar para lembrar a Queda da Bastilha foram os equipamentos franceses que estão ajudando a manter a paz no Afeganistão e uma homenagem aos bombeiros de Nova York.

  • Data 14.07.2002
  • Autoria (rw)
  • Imprimir Imprimir a página
  • Link permanente https://p.dw.com/p/2TzE
  • Data 14.07.2002
  • Autoria (rw)
  • Imprimir Imprimir a página
  • Link permanente https://p.dw.com/p/2TzE