Charisteas: ″Estamos melhores do que em 2004″ | Acompanhe a cobertura especial sobre as partidas da Eurocopa | DW | 03.06.2008
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Eurocopa

Charisteas: "Estamos melhores do que em 2004"

Atacante grego Angelos Charisteas evita falar em favoritismo de sua equipe na Euro 2008. Mesmo assim, o jogador do Nürnberg acredita que a Grécia está mais bem preparada para o torneio do que há quatro anos.

default

Angelos Charisteas (c), esperança no time grego

DW-WORLD.DE: Angelos Charisteas, a Grécia vai à Euro 2008 para defender o título. Ela pode ser considerada favorita?

Charisteas: Não, não somos favoritos ao título. Os favoritos são sempre as grandes equipes: França, Alemanha, Portugal, Espanha e Itália. Temos um bom time, acho que inclusive melhor do que o de 2004, mas não somos favoritos.

Por que você acha que desta vez a Grécia está melhor do que em 2004?

Temos muitos jogadores novos e o técnico tem muito mais opções. Há quatro anos, tínhamos apenas 13, 14 jogadores bons. Agora temos 18 bons, todos podem ser titulares.

Se em 2004 a Grécia foi a primeira colocada e se em 2008 ela está ainda melhor, então deve ficar com o título...

Sim, mas isto é teoria. O importante é participarmos do torneio. É nossa segunda Eurocopa em série, isso é muito importante para a Grécia. Ocupamos atualmente a oitava posição no ranking mundial, o que me deixa muito satisfeito. Por isso, espero que tenhamos um bom desempenho na Euro. O mais importante para mim é que apresentemos um bom futebol.

Você não acredita que possa haver uma surpresa também desta vez?

Acho que tudo é possível, mas sou realista. Somos os atuais campeões e do outro lado estão 15 equipes fortes. Temos de mostrar o mesmo desempenho de 2004 para termos uma boa chance.

O título da Euro 2004 foi um grande sucesso para a Grécia, mas depois disso o desempenho caiu: a seleção não participou da Copa de 2006 e, mesmo que de forma turbulenta, conseguiu se classificar à Eurocopa. A Grécia está de novo no caminho do sucesso?

Depois de um êxito importante como a Euro 2004, vem a depressão. Acho que isso é normal. Não estivemos no Mundial, mas somamos 31 pontos nas eliminatórias da Euro e mostramos que estamos é ótima forma.

Como demonstraram ao vencer Portugal num amistoso em março por 2 a 1.

Sim, naturalmente. Mas Portugal tem bons jogadores, uma equipe com grandes nomes. Nós os respeitamos e também conquistamos o respeito de toda a Europa.

Duas vezes seguidas na Eurocopa, mas nenhuma participação em Copa do Mundo. A Euro é mais importante para a Grécia do que o Mundial?

Não, a Copa nos é importante, talvez mais importante do que a Eurocopa. Jogamos bem em 2004, em 2006 não estivemos tão fortes e agora estamos fortes novamente, só isso. Para mim é importante participar do torneio até seu final. Mas às vezes isso não é possível.

A Alemanha desenvolve um papel muito importante no desenvolvimento do futebol da Grécia?

Griechenland Fußball Trainer Otto Rehhagel

Alemão Otto Rehhagel, treinador da Grécia

Acredito que sim. Somos quatro jogadores na Bundesliga (Sotirios Kyrgiakos, Ioannis Amanatidis e Theofanis Gekas, alémde mim) e nosso técnico vem da Alemanha. Estamos todos satisfeitos em podermos atuar na Bundesliga e isso é importante para o técnico Otto Rehhagel, pois é importante que a gente também fale alemão.

Você serve de ponte para facilitar a comunicação entre o treinador e os demais jogadores.

Basicamente, esta é a tarefa do assistente técnico, mas às vezes eu também traduzo alguma coisa do grego ou do alemão. Eu compreendo muito bem meu treinador e para mim isso é muito importante.

O alemão Otto Rehhagel continua tão benquisto na Grécia?

Sim, muito mais do que há quatro anos. Após sete anos no banco, ele pode comemorar a maioria dos êxitos da seleção grega. Além disso, ele prorrogou o contrato por mais dois anos. Ele é um rei na Grécia.

Vamos falar do grupo da Grécia na Euro 2008.

A Suécia é uma equipe muito forte, com ótima tática. Os russos têm muito talento – isso nós observamos no Zenit na Copa da Uefa – temos de prestar atenção. A Espanha é um adversário conhecido, com uma equipe muito boa, de superestrelas. Todos os três são rivais fortes.

Até onde chegará a Grécia na Euro 2008?

Somos uma equipe forte e por isso temos chance de seguir adiante. Podemos superar a fase de grupos e atingir as quartas-de-final. Depois disso, tudo é possível.

E a seleção alemã?

A Alemanha é sempre favorita. Atualmente ela tem uma nova equipe, com alguns jogadores novos, uma nova geração. Teoricamente, no futebol é tudo fácil, mas é preciso provar em campo.

Quem é seu favorito ao título?

A Itália, como campeã mundial, é minha favorita.

Os gols de Angelos Charisteas (28) garantiram à Grécia o título da Euro 2004. Ele marcou os gols decisivos contra a França, nas quartas-de-final, e contra Portugal, na final. O atacante atuou pelo Werder Bremen entre 2002 e 2004 e tem contrato até 2011 no Nürnberg.

Leia mais