Chance de guinada à esquerda movimenta eleição alemã | Assista aos vídeos selecionados pela equipe da DW Brasil | DW | 08.09.2021

Conheça a nova DW

Dê uma olhada exclusiva na versão beta da nova DW. Sua opinião nos ajudará a torná-la ainda melhor.

  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Destaques em Vídeo

Chance de guinada à esquerda movimenta eleição alemã

[Vídeo] A possibilidade de uma guinada à esquerda na Alemanha colocou até Angela Merkel, que está prestes a se aposentar, na campanha. Seu partido, a conservadora CDU, corre o risco de sair do poder após a eleição deste mês e passou a agitar o velho fantasma da ameaça socialista.

Assistir ao vídeo 04:55

Com a possibilidade de formação de um governo de esquerda, conservadores decidem trazer à tona o fantasma da ameaça socialista. De acordo com as recentes pesquisas, social-democratas, verdes e os socialistas do A Esquerda teriam votos suficientes para formar um governo. O candidato social-democrata, Olaf Scholz, não descarta publicamente uma coalizão com A Esquerda, embora haja significativas incompatibilidades entre os dois partidos.

E a queda dos conservadores nas pesquisas fez com que Angela Merkel entrasse na campanha eleitoral. A chanceler atacou os atuais parceiros de governo, em especial o vice-chanceler Scholz. "Comigo como chanceler, nunca haveria uma coalizão na qual A Esquerda estivesse envolvida", disse. 

A retórica do perigo comunista não é novidade nas campanhas eleitorais dos conservadores. Os dois casos mais notórios são as campanhas de 1994, com cartazes com meias vermelhas num varal, e de 1953, quando Konrad Adenauer assegurou seu segundo mandato como chanceler federal da Alemanha clamando que todos os caminhos do marxismo levam a Moscou.