Cenas raras de Berlim durante o auge da pandemia na Alemanha | Cultura europeia, dos clássicos da arte a novas tendências | DW | 05.06.2020

Conheça a nova DW

Dê uma olhada exclusiva na versão beta da nova DW. Sua opinião nos ajudará a torná-la ainda melhor.

  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Cultura

Cenas raras de Berlim durante o auge da pandemia na Alemanha

[Vídeo] O fotógrafo Sebastian Wells registrou o vazio que tomou conta da capital alemã.

Assistir ao vídeo 05:07

A pandemia de covid-19 silenciou metrópoles mundiais. Em muitas delas, a circulação de pessoas em vias públicas foi proibida - o que não chegou a ser o caso de Berlim.  Ainda assim, as medidas de isolamento social restringiram drasticamente a vida pública na Alemanha. Sebastian Wells comecou a fotografar a cidade em março, logo após o lockdown, o que fez com que ele ganhasse nova perspectiva de sua cidade natal: "definitivamente, é uma desaceleração. Atualmente, seja qual for a hora do dia, há mais ou menos o mesmo número de pessoas na cidade. Isso dá um caráter atemporal. Não há mais diferença entre dias da semana, não há mais hora do rush. De certa forma, é sempre domingo. Mas nunca é fim de semana. É um sentimento muito estranho."