Castelo de Neuschwanstein: o cartão postal da Baviera | Cultura europeia, dos clássicos da arte a novas tendências | DW | 14.07.2018
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Cultura

Castelo de Neuschwanstein: o cartão postal da Baviera

Ele é o castelo mais famoso da Alemanha e um dos mais visitados da Europa. O Neuschwanstein, conhecido como "castelo de contos de fadas", atrai mais de um milhão de turistas por ano.

Assistir ao vídeo 04:29
Ao vivo agora
04:29 min

A construção do castelo começou em 1868 a mando do rei Ludwig 2º, mas a megalomania do monarca quase o levou à falência. Até 1886, ele já havia gasto o dobro do previsto - motivo pelo qual o governo da Baviera resolveu destituí-lo do trono. Ludwig 2º não chegou a ver o castelo pronto. Ele morreu afogado, sob circunstâncias não esclarecidas, poucos dias após a destituição. Até hoje uma das principais atrações turísticas na Alemanha, o Neuschwanstein atrai quase um milhão e meio de turistas por ano. O que seria um pesadelo para Ludwig 2º, já que ele não queria visitas no Neuschwanstein. A entrada do público só começou a ser permitida algumas semanas após a morte dele.

Com uma área de cerca de 6 mil metros quadrados, a construção assimétrica é formada por vários prédios individuais. A torre mais alta mede 80 metros. O castelo dispõe de tecnologias bem avançadas para o final do século 19 - como um tipo de linha telefônica e um sistema de campainha a bateria para chamar os empregados. O ar quente podia ser canalizado para a calefação e havia também um sistema de água quente para as torneiras. Se na época da construção do castelo o rei foi criticado pelos gastos, hoje a região da Baviera desfruta dos louros. A região é um dos principais destinos turísticos da Alemanha, seja pela culinária bávara, pela famosa Oktoberfest, ou pelo Zugspitze, o pico mais alto da Alemanha, destino obrigatório para quem pratica esportes de inverno.