Canadense é decapitado por radicais islâmicos nas Filipinas | Veja todo o conteúdo audiovisual publicado na mediateca | DW | 26.04.2016
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Canadense é decapitado por radicais islâmicos nas Filipinas

Radicais islâmicos executaram o cidadão canadense que foi sequestrado em setembro de 2015 nas Filipinas. O grupo extremista divulgou vídeo da decapitação.

Assistir ao vídeo 01:27
Ao vivo agora
01:27 min

O assassinato ocorreu uma hora após expirar o prazo determinado pelos sequestradores para o pagamento do resgate. Soldados filipinos encontraram na ilha de Jolo o corpo de John Ridsdel, ex-diretor de uma mina de ouro. O primeiro-ministro canadense, Justin Trudeau, classificou o ato como um assassinato a sangue frio. Há 25 anos o grupo do radical islâmico Abu Sayyaf aterroriza a população católica das Filipinas. Os radicais são conhecido por sequestrar frequentemente estrangeiros e solicitar resgates.