Brasil é o favorito para 24 técnicos do Mundial | Fique informado sobre tudo o que acontece na Copa do Mundo | DW | 08.06.2006
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages
Publicidade

Copa do Mundo

Brasil é o favorito para 24 técnicos do Mundial

Marco van Basten (Holanda)
"Não sei em que posição estaremos no final. Mas a Alemanha é um bom terreno para nós. Não seria a primeira final que disputaríamos neste país. Na Copa do Mundo, sempre ocorrem muitas surpresas. Meus favoritos são a França, Inglaterra e Brasil."

Branko Ivankovic (Irã)
"Não há um franco favorito. Em termos de potencial técnico e tático, além do Brasil, Inglaterra, Argentina, Itália e Portugal têm condições de ir longe. A Alemanha não é mais a nação dominante no futebol, como em anos passados, mas a vantagem de jogar em casa pode dar retorno."

Marcello Lippi (Itália)
"A Alemanha está entre os favoritos no Mundial. Na Copa das Confederações, eles foram mais fortes do que o Brasil. Em todo o caso, disputam o título o Brasil, com os melhores atacantes do mundo, Inglaterra e Itália. Temos a mistura certa de jogadores experientes e jovens e formamos realmente uma equipe. Temos a maturidade para o título".

Zico (Japão)

Fußball Fed Cup Japans Trainer Zico

Zico: 'Viemos para vencer'

"Viemos para vencer. A semifinal pode ser viável para nós. Os favoritos são o Brasil e a Alemanha, que joga em casa."

Ricardo La Volpe (México)
"Absolutamente claro – Brasil. Nenhuma outra seleção tem jogadores dessa qualidade. Talvez, a Alemanha tenha uma pequena chance por jogar em casa."

Aníbal Ruiz (Paraguai)
"Os favoritos? Os mesmos de sempre: Brasil, Argentina, Itália e Alemanha."

Pawel Janas (Polônia)
"Não faço prognósticos."

Luiz Felipe Scolari (Portugal)
"Nós evoluímos em comparação à Eurocopa 2004. Estamos entre os oito times que podem ganhar o título. Favoritos são os países que já foram campeões mundiais."

Karel Brückner (República Tcheca)
"Meu favorito é o Brasil. É a equipe mais forte, joga o futebol mais efetivo e tem as personalidades mais fortes."

Ilija Petrovic (Sérvia e Montenegro)
"Não gosto de prognósticos, mas tenho a sensação de que haverá um surpreendente campeão mundial. Não viajamos à Alemanha para tirar fotos de lembrança. Em toda Copa há favoritos que são eliminados. No nosso grupo, a Argentina ou Holanda não passará adiante".

Lars Lagerbäck (Suécia)
"Para mim, os brasileiros são os favoritos absolutos ao título. Mas caso eles sejam eliminados antecipadamente, há cerca de dez seleções em condições de se tornar campeãs. Por que participaríamos deste torneio se não tivéssemos como meta o título mundial, ainda que não tenhamos as mesmas possibilidades de algumas outras seleções?"

Köbi Kuhn (Suíça)
"Os candidatos de sempre – Brasil, Argentina, Itália – e alguns favoritos secretos europeus. A Suíça também tem chances de se tornar uma zebra. Temos muita auto-confiança e estabelecemos grandes metas. Qualquer outra coisa seria um sinal errado".

Otto Pfister (Togo)
"Minha favorita é a Inglaterra, porque tem uma equipe muito compacta e forte."

Leo Beenhakker (Trinidad e Tobago)
"Absolutamente claro – Brasil."

Roger Lemerre (Tunísia)
"Não quero me pronunciar sobre isso."

Oleg Blochin (Ucrânia)
"Seria uma vergonha se não passássemos da primeira fase. Várias seleções têm condições de chegar ao título. Se nós o conquistarmos, deixo raspar minha cabeça."

Páginas 1 | 2 | Texto completo

Leia mais

  • Data 08.06.2006
  • Autoria (gh)
  • Imprimir Imprimir a página
  • Link permanente https://p.dw.com/p/8abK
  • Data 08.06.2006
  • Autoria (gh)
  • Imprimir Imprimir a página
  • Link permanente https://p.dw.com/p/8abK