Bomba em supermercado de São Petersburgo fere ao menos 13 | Notícias internacionais e análises | DW | 27.12.2017
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Bomba em supermercado de São Petersburgo fere ao menos 13

Denotação na segunda maior cidade russa ocorreu dentro de um armário guarda-volumes. Presidente russo, Vladimir Putin, diz que incidente foi atentado terrorista.

Policial vigia arredores do supermercado onde ocorreu explosão

Policial vigia arredores do supermercado onde ocorreu explosão

A explosão de uma bomba dentro de um supermercado em São Petersburgo, segunda maior cidade da Rússia, deixou pelo menos 13 pessoas feridas nesta quarta-feira (27/12), informaram as autoridades da cidade.

A detonação aconteceu por volta das 18h30 (horário local) em um supermercado da rede Perekrestok, no bairro de Kalininsky. Segundo a mídia local, ela ocorreu dentro de um armário guarda-volumes. A lugar foi fechado rapidamente após o incidente. Dezenas de pessoas, entre elas funcionários e clientes, foram retirados às pressas do estabelecimento, de acordo com a imprensa local.

Segundo investigadores, o artefato explosivo, de fabricação caseira, tinha uma potência equivalente a 200 gramas de TNT.

O presidente russo, Vladimir Putin, afirmou que o incidente foi um atentado terrorista. As autoridades enviaram investigadores experientes de Moscou para investigar o ocorrido.

A explosão não causou incêndio nem maiores danos ao estabelecimento, de acordo com os serviços de emergência.

No início de dezembro, Vladimir Putin, telefonou com o presidente americano, Donald Trump, para agradecer pelas informações transmitidas pela CIA que permitiram impedir um ataque terrorista que tinha como alvo São Petersburgo.

Em abril passado, um atentado suicida no metrô de São Petersburgo matou 16 pessoas e feriu mais de 50.

MD/efe/lusa

_______________

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube | WhatsApp | App

 

Leia mais