Bomba da Segunda Guerra explode e mata três na Alemanha | Notícias sobre política, economia e sociedade da Alemanha | DW | 02.06.2010
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Bomba da Segunda Guerra explode e mata três na Alemanha

Artefato explosivo foi descoberto durante as obras de construção de uma arena esportiva em Göttingen. O esquadrão anti-bomba foi ativado e a explosão inesperada matou três especialistas. A área continua isolada.

default

Área da explosão na cidade de Göttingen

Uma bomba que se encontrava enterrada há 65 anos, remanescente da Segunda Guerra Mundial, explodiu na noite desta terça-feira (01/06) na cidade alemã de Göttingen. Três especialistas que tentavam desarmá-la morreram no acidente e outras seis pessoas ficaram feridas, duas delas em estado grave.

O artefato de aproximadamente 500 quilos se encontrava a sete metros de profundidade e foi descoberto por funcionários que trabalhavam na construção de uma arena esportiva. No momento da explosão, as autoridades já estavam avançadas no processos de evacuação de cerca de 7 mil pessoas num raio de um quilômetro do local onde a bomba foi localizada.

Göttingen Bombe Blindgänger Entschärfung

Região onde bomba explodiu segue isolada

Segundo informações do porta-voz da cidade, os especialistas ainda se preparavam para desarmar o detonador quando a bomba explodiu. As autoridades não sabem explicar exatamente as causas da explosão.

A estação de trem da cidade, que fica a poucos metros da área afetada, permaneceu fechada por várias horas em decorrência da detonação da bomba.

Na manhã desta quarta-feira, o local do incidente continua isolado. Especialistas vasculham a região, já que existe a possibilidade de haver outros artefatos explosivos enterrados.

Esta foi a segunda descoberta de uma bomba em poucos dias na cidade de Göttingen. Na última sexta-feira, outra bomba de 500 quilos havia sido encontrada, fazendo com que cerca de 5 mil moradores tivessem que deixar suas casas.

NP/apn/rts/dpa
Revisão: Rodrigo Rimon

Leia mais