BCE prorroga programa de estímulo até dezembro de 2017 | Notícias e análises sobre a economia brasileira e mundial | DW | 08.12.2016
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Economia

BCE prorroga programa de estímulo até dezembro de 2017

Volume mensal de aquisições, no entanto, será reduzido para 60 bilhões de euros a partir de abril. Programa faz parte do esforço do BCE para reativar a atividade econômica e combater a ameaça de deflação.

Europäische Zentralbank EZB Frankfurt am Main Deutschland (DW/I.Anastassopoulou)

Sede do Banco Central Europeu, em Frankfurt

O Banco Central Europeu (BCE) anunciou nesta quinta-feira (08/12) que vai ampliar seu programa de compra de títulos de dívida pública e corporativa até dezembro de 2017, nove meses além do inicialmente previsto. O volume mensal de aquisições, no entanto, será reduzido de 80 bilhões para 60 bilhões de euros a partir de abril.

O programa faz parte do esforço do BCE para reativar a atividade econômica na zona do euro e combater a ameaça de deflação. A meta do BCE é manter a inflação na zona do euro em torno de 2% ao ano. Em novembro, ela foi de 0,6%, muito abaixo do esperado.

A decisão de reduzir o valor das compras foi recebida com surpresa, já que os investidores esperavam uma ampliação de apenas seis meses e contavam com a manutenção do valor de 80 bilhões de euros. 

Com a medida, o BCE injetará mais 579 bilhões de euros na economia do bloco, além do esforço já existente de 1,74 trilhão de euros. O BCE acrescentou que poderá aumentar o volume mensal de aquisições caso necessário e que não há um prazo final do programa.

IP/ap/efe/dpa

Leia mais