Bayern de Munique derrota o Schalke e se aproxima da liderança | Siga a cobertura dos principais eventos esportivos mundiais | DW | 10.11.2008
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Esporte

Bayern de Munique derrota o Schalke e se aproxima da liderança

Bayern de Munique vence o Schalke e está apenas um ponto atrás do líder Bayer Leverkusen. Hertha Berlim pára o Hoffenheim. Grafite marca os três gols da vitória do Wolfsburg sobre o Energie Cottbus.

default

O italiano Luca Toni comemora após abrir o placar na vitória do Bayern sobre o Schalke

A série de vitórias do Hoffenheim no Campeonato Alemão foi interrompida neste domingo (09/11) pelo Hertha Berlim. A equipe da capital alemã derrotou o novato por 1 a 0, com gol de Andrei Voronin. A partida foi válida pela 12ª rodada. A vitória deixou o Hertha na quinta colocação.

Com o resultado, o Hoffenheim cedeu a liderança da competição para o Bayer Leverkusen. "Para mim, isso não interessa", disse o técnico do Hoffenheim, Ralf Rangnick, sobre a perda da liderança. "Só me irrito com os três pontos que perdemos. Não jogamos tudo o que sabemos."

Faltou pontaria para o ataque do Hoffenheim, que desperdiçou várias chances ao longo do jogo. O senegalês Demba Ba, por exemplo, perdeu três boas oportunidades após o intervalo. A partida, disputada em Berlim, teve recorde de público no estádio da capital na temporada: 58.862 pessoas.

Fussball Bundesliga Hertha BSC Berlin 1899 Hoffenheim

Sejad Salihovic (c) observa Andrei Voronin marcar o gol do Hertha Berlim, sem chances para o goleiro Daniel Haas

A direção do Hoffenheim reagiu também com bom humor ao comentário do presidente executivo do Bayern de Munique, Karl-Heinz Rummenigge, durante a assembléia anual do clube. "Eu me divirto ao saber que o grande Bayern vem falar da nossa tradição. Se alguém ainda não sabia que temos mais de cem anos, sabe agora", disse o diretor esportivo do Hoffenheim, Jan Schindelmeiser.

O Hoffenheim tornou-se tema da assembléia do Bayern quando Rummenigge falou sobre a tradição do clube de Baden-Württemberg, que recém chegou à Primeira Divisão. "Onde é que eles se esconderam durante cem anos? Ninguém percebeu a existência deles todo esse tempo", perguntou Rummenigge.

Bayern: nova vitória

O Bayern derrotou o Schalke por 2 a 1 e se manteve na terceira colocação, apenas um ponto atrás do vice-líder Hoffenheim e do Leverkusen. Foi a quinta vitória consecutiva do Bayern na Bundesliga, que está há seis jogos invicto na competição.

"Estamos de novo na parada. A vitória foi importante para a nossa autoconfiança", disse o diretor esportivo do clube, Uli Hoeness. Luca Toni e Franck Ribéry marcaram para o Bayern e Jefferson Farfán descontou para o Schalke.

Fussball Bundesliga FC Schalke 04 Bayern München

Franck Ribéry e Ivan Rakitic

Apesar da derrota, o Schalke fez uma boa apresentação, prejudicada apenas pelas poucas oportunidades criadas no ataque. "Foi uma vitória dura, mas não significa que não temos mais chances de chegar ao título", disse o jogador Heiko Westermann. "Fizemos um superjogo, mas o Bayern foi mais eficiente na conclusão."

"Dois gols perfeitos, mas de resto quase nada", disse o presidente do Bayern, Franz Beckenbauer, já no intervalo da partida, sobre a exibição da equipe. No segundo tempo, o Bayern continuou jogando de forma contida e salvou a vitória com um bom posicionamento tático.

Grafite marca três vezes

No sábado, o Bayer Leverkusen empatou em 3 a 3 com o Karlsruhe e se manteve momentaneamente na segunda colocação do campeonato. A liderança só veio no domingo, com a derrota do Hoffenheim. Leverkusen e Hoffenheim têm o mesmo número de pontos, mas, ao perder para o Hertha, o Hoffenheim ficou para trás no saldo de gols.

Mladen Petric Bundesliga

Mladen Petric (e) marca de cabeça o primeiro gol do Hamburgo

Para o Karlsruhe, o empate foi "uma vitória moral", como disse o técnico Edmund Becker. O Leverkusen largou na frente, com gols de Patrick Helmes, Stefan Kiessling e Michal Kadlec. O empate do Karlsruhe é em grande parte obra do brasileiro Antônio da Silva, que marcou o primeiro gol de pênalti e fez o cruzamento para o segundo gol, marcado de cabeça por Tim Sebastian. O terceiro foi marcado por Alexander Iashvili. Silva, que havia sido contestado pela torcida, foi eleito o melhor em campo pela revista Kicker .

Outro brasileiro que brilhou no sábado foi o atacante Grafite, que marcou os três gols da vitória do Wolfsburg sobre o Cottbus por 3 a 0. Na sexta-feira, o Colônia também venceu com um gol brasileiro, marcado por Geromel. A equipe derrotou o Hannover por 2 a 1. Jan Schlaudraff abriu o placar para o Hannover, e Wilfried Sanou fez o segundo gol do Colônia.

Com gols de Mladen Petric e Ivica Olic, o Hamburgo derrotou o Borussia Dortmund por 2 a 1. O gol do Dortmund foi marcado por Tamas Hajnal. Já o Werder Bremen não saiu de um empate em 0 a 0 diante do Bochum.

Em Bielefeld, o meia Marko Marin fez os dois gols da vitória do Borussia Mönchengladbach na vitória sobre o Arminia. O Borussia luta contra o rebaixamento.

Leia mais