Barba e bigode voltam à moda na Alemanha | Notícias sobre política, economia e sociedade da Alemanha | DW | 07.11.2010
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Barba e bigode voltam à moda na Alemanha

Inspirado nos anos 1980 o estilo está reconquistando homens mundo afora e ganhou tanto status que virou tema de campeonato internacional.

default

Retrato feito pelo fotógrafo Gunnar Hämmerle

Homens de verdade usam barba, dizem alguns. As barbas são antiquadas e feias, pensam outros. Ainda que não haja consenso, o "acessório" que foi redescoberto no Brasil há algumas temporadas, caiu recentemente no gosto popular dos alemães e têm sido visto com cada vez mais frequência entre jovens adultos.

Não faz muito tempo que o bigode era visto como algo de mau gosto. No entanto, quando se trata de moda é assim que funciona: o que ontem fazia sucesso e hoje está por fora, estará em voga amanhã novamente. Especialmente quando a tendência é representada por estrelas de Hollywood como Brad Pitt, Jude Law ou Leonardo Di Caprio.

Barba como símbolo de masculinidade

A barba e o bigode estão ressurgindo nas ruas da Alemanha, principalmente entre homens com menos de 30 anos. O que não é de se estranhar, já que o estilo dos anos 1980, com skinny jeans, leggins e camisas-morcego está vivendo um grande retorno já há alguns anos.

Agora é a vez dos pelos faciais. "A barba está de volta, seja completa ou apenas o bigode", afirma Gunnar Hämmerle. O fotógrafo de 39 anos viaja frequentemente pelas metrópoles do mundo em busca de pessoas com um estilo diferenciado.

Wilhelm Preuß (1.von links), mit zwei weiteren Preisträgern in der Kategorie Vollbart naturale mit gestylter Oberlippe

Wilhelm Preuss (e) organiza campeonatos de barba

Ele ficou conhecido como styleclicker , um captador de estilos, que publica suas fotos em um blog de moda homônimo. "A Escandinávia está geralmente um pouco à frente em termos de tendências. Eu vi barbas e bigodes por lá há dois ou três anos", diz.

Agora, a onda invade a Alemanha. A barba completa já era observada nos círculos alternativos faz algum tempo. Quanto ao bigode – ou "vassoura de nariz", como preferem alguns – Hämmerle o vê mais raramente.

Em sua opinião, ultrapassado agora para os homens é o estilo andrógino, sem pelos no rosto ou em qualquer parte do corpo, comum até há algum tempo.

Mudanças que o styleclicker comemora, por considerar a barba parte essencial do homem e por também adotá-la, muito bem aparada. "Por que eu deveria tentar ser tão feminino quanto uma mulher? Eu me sinto mais velho, mais sério e com ares de professor."

Campeonato internacional de barba

Willi Preuss nunca aderiu à moda andrógina. Aos 52 anos, ele é presidente da Associação Alemã de Clubes de Barba, com base em Amberg, no estado da Renânia-Palatinado.

Flash-Galerie Der Bart ist zurück

Maximilian, 25 anos, diz que deixou o bigode 'para ver como fica'

Há anos ele organiza campeonatos na Alemanha e no exterior, dos quais participa ativamente: em 2000 ganhou o título de "Barba completa natural com lábio superior estiloso".

Os competidores das 17 categorias do campeonato de barba têm 50 anos ou mais. No entanto, durante a edição europeia no início de outubro passado, na cidade austríaca de Leogang, Preuss viu participantes com menos de 30 anos. Eles competem, principalmente, na categoria cavanhaque e bigode estilo livre e precisam abusar da criatividade.

Preuss é barbudo por convicção: "porque as mulheres se aproximam. Contanto que, claro, esteja limpo e bem conservado". Para se certificar que isso aconteça, ele investe diariamente quinze minutos cuidando de sua barba. "Ela é lavada normalmente. Depois tem o spray e então ela é escovada. À noite é o mesmo processo, spray e escova".

Quem quiser participar dos campeonatos de barba só pode utilizar equipamentos aprovados. No site da Associação dos Clubes de Barba informa-se: são permitidos spray, gel, mouse e cera para cabelo. Estão proibidos apliques, grampos e outros elementos de suporte.

Inovação facial

Meisterschaft der Bärte

Nas competições, candidatos não poupam criatividade – nem gel

Barba com estilo virou uma competência da famosa cabeleireira Carine Bartholomé. Em busca de novas ideias, ela não conta somente com sua criatividade, mas também se baseia nas tendências de Hollywood.

Ela olha as últimas fotos dos paparazzi e visita páginas de moda na internet, para estar à frente de seus clientes. "É espantoso como os homens querem imitar as celebridades", diz. Os modelos são, geralmente, atores norte-americanos.

Apesar de nem toda barba ser como a de Ben Affleck, ela pode ser usada para aperfeiçoar o rosto, já que "uma barba provoca uma sombra com a qual é possível brincar", esclarece Carine Bartholomé.

Em geral, um bigode só é recomendado para pessoas com faces estreitas e magras. Barba por fazer e barba completa dão contorno ao rosto redondo e fazem com que pareça mais alongado.

Enquanto os cabeleireiros se ocupam com a inovação dos homens, o blogueiro Gunnar Hämmerle vai além. "Eu ficaria feliz se as pessoas da Alemanha investissem em moda e estilo com coragem. Fazendo experiências com a aparência podemos nos conhecer melhor". O ex-campeão europeu Willi Preuss faz coro com o fotógrafo, defendendo que a barba é algo que todo homem deveria ter pelo menos uma vez.

Autora: Insa Moog (mda)
Revisão: Augusto Valente

Leia mais