Bélgica encerra carreira de Ibrahimovic pela Suécia | Siga a cobertura dos principais eventos esportivos mundiais | DW | 22.06.2016
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Esporte

Bélgica encerra carreira de Ibrahimovic pela Suécia

Vitória belga elimina suecos da Eurocopa e sacramenta a despedida do atacante da seleção de seu país. Irlanda bate Itália e garante quarteto das ilhas britânicas nas oitavas de final.

O astro Zlatan Ibrahimovic encerrou sua passagem pela seleção sueca com uma derrota por 1 a 0 contra a Bélgica, nesta quarta-feira (22/06), em Nice. O resultado significou a eliminação da Suécia da Eurocopa 2016 e a classificação belga como segunda colocada no Grupo E. Além de Ibrahimovic, o goleiro Andreas Isaksson, o meia Kim Källström e o treinador Erik Hamrén haviam anunciado suas despedidas da seleção escandinava ao fim da Eurocopa.

Panorama do duelo: a Suécia precisava da vitória para seguir viva na Eurocopa, já a Bélgica seguiria na competição com no mínimo um empate. A partida começou com a Suécia efetuando sua primeira finalização a gol no torneio. Sim, no torneio. Marcus Berg, livre dentro da área, aos quatro minutos, parou nas mãos de Thibaut Courtois. Poucos minutos depois, Romelu Lukaku finalizou rente à trave esquerda de Andreas Isaksson.

A partida não teve a intensidade necessária, mas a Suécia mostrou mais iniciativa do que nos jogos anteriores. Ibrahimovic teve duas boas chances: um voleio bloqueado pelo defensor belga Toby Alderweireld, aos 22 minutos, e uma finalização que assustou Courtois, aos 26.

Era um jogo de xadrez, com nenhuma das duas seleções deixando suas defesas demasiadamente desguarnecidas. Sofrer um gol significaria a obrigação de correr atrás do prejuízo. Assim sendo, Bélgica e Suécia não correram muitos riscos e protagonizaram o 16º empate sem gols ao intervalo desta Eurocopa.

UEFA EURO 2016 Schweden vs Belgien +++ Zlatan Ibrahimovic schießt

Zlatan Ibrahimovic tentou de diversas formas prolongar sua carreira com a camisa da seleção sueca

A segunda etapa seguiu com a precaução de ambas as equipes. Ibrahimovic chegou a ter um gol anulado pelo árbitro alemão Felix Brych, que assinalou falta em cima do zagueiro Toby Alderweireld. Lance duvidoso, já que o zagueiro belga baixou demasiadamente a cabeça, quando foi atingido por Marcus Berg, aos 18 minutos.

Gol anulado também pelo lado da Bélgica, mas de forma correta. Romelu Lukaku recebeu lançamento longo e tocou por cima de Isaksson, aos 28 minutos. Clássico gol de contra-ataque, mas que não valeu.

Nos últimos 15 minutos de jogo a Suécia se viu obrigada a arriscar em busca do gol e da vitória salvadora. Ibrahimovic obrigou Courtois a fazer uma boa defesa, após cobrança de falta. Aos 37 minutos, o gigante sueco teve sua cabeçada tirada em cima da linha por Kevin de Bruyne.

E os espaços surgiram para os belgas, que aproveitaram sua arma mais letal: os contra-ataques. Aos 38 minutos, Eden Hazard levou a bola pela esquerda e tocou para Radja Nainggolan. O volante da Roma acertou um chute certeiro no canto de Isaksson: 1 a 0 Bélgica.

Com a vitória e a segunda colocação no Grupo E, a Bélgica enfrenta agora a seleção da Hungria, em 26 de junho, em Toulouse.

UEFA EURO 2016 Schweden vs Belgien +++ Tor Belgien

Goleiro Andreas Isaksson se esticou todo, mas não conseguiu evitar o gol belga marcado por Radja Nainggolan

Irlanda completa quarteto das ilhas britânicas

Na outra partida válida pelo Grupo E, a Irlanda derrotou uma desfalcada Itália também por 1 a 0. O gol foi marcado pelo meia Robbie Brady, aos 40 minutos do segundo tempo. Com quatro pontos, os irlandeses garantiram uma das quatro vagas como terceiros colocados e enfrentam agora a anfitriã França, em 26 de junho, em Lyon.

A inédita classificação da Irlanda significa também um excepcional aproveitamento das seleções das ilhas britânicas. Todos os quatro países – Inglaterra, Irlanda, País de Gales e Irlanda do Norte – superaram a fase de grupos e seguem vivos na Eurocopa 2016: galeses e norte-irlandeses se enfrentam nas oitavas de final.

UEFA EURO 2016 Italien vs Irland +++ Torjubel Irland

Robbie Brady celebra o gol que deu à Irlanda a classificação para as oitavas de final e, consequentemente, eliminou a Turquia

Ficha técnica

Suécia 0 x 1 Bélgica

Local: Stade de Nice, Nice

Arbitragem: Felix Brych (Alemanha), auxiliado por seus compatriotas Mark Borsch e Stefan Lupp.

Gol: Radja Nainggolan (38'/2T),

Cartões amarelos: Thomas Meunier (30'/1T), Albin Ekdal (32'/1T), Erik Johansson (36'/1T), Axel Witsel (45'/1T)

Suécia: Andreas Isaksson; Victor Lindelöf, Erik Johansson, Andreas Granqvist e Martin Olsson; Albin Ekdal, Kim Källström, Sebastian Larsson (Jimmy Durmaz 24'/2T) e Emil Forsberg (Erkan Zengin 37'/2T); Marcus Berg (John Guidetti 18'/2T) e Zlatan Ibrahomovic. Técnico: Erik Hamrén.

Bélgica: Thibaut Courtois; Thomas Meunier, Toby Alderweireld, Thomas Vermaelen e Jan Vertonghen; Radja Nainggolan e Axel Witsel; Yannick Ferreira-Carrasco (Dries Mertens 25'/2T), Kevin De Bruyne e Eden Hazard (Divock Origi 48'/2T); Romelu Lukaku (Christian Benteke 42'/2T). Técnico: Marc Wilmots.

Leia mais