Azerbaijão e forças rebeldes chegam a acordo de cessar-fogo | Veja todo o conteúdo audiovisual publicado na mediateca | DW | 05.04.2016
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Azerbaijão e forças rebeldes chegam a acordo de cessar-fogo

Autoridades separatistas da região do Nagorno-Karabakh e forças do Azerbaijão anunciam cessar-fogo depois de quatro dias de violentos confrontos. Combates deixaram ao menos 64 mortos.

Assistir ao vídeo 01:52
Ao vivo agora
01:52 min

A região do Nagorno-Karaback, um enclave do Azerbaijão é habitado por uma maioria de cristãos armênios, separou-se durante uma guerra no início dos anos 1990, mas continua sendo considerada internacionalmente parte do Azerbaijão, país de maioria muçulmana. O Ministério da Defesa do Azerbaijão afirmou que, apenas nas últimas 48 horas, 16 militares e quatro civis azeris foram mortos.Foram os confrontos mais violentos dos últimos 20 anos. Os separatistas da Armênia também estavam propondo o cessar-fogo desde que os dois lados regressassem as suas posições de antes do conflito. O Azerbaijão se negava a ceder pontos estratégicos que reconquistou no final de semana. Os termos finais que garantiram o concensso não foram divulgados.