1. Pular para o conteúdo
  2. Pular para o menu principal
  3. Ver mais sites da DW
Japan | Messerattacke in Tokio
Equipes de emergência no metrô de Tóquio após o ataqueFoto: The Yomiuri Shimbun/AP/picture alliance
SociedadeJapão

Ataque em trem de Tóquio deixa pelo menos 17 feridos

31 de outubro de 2021

Agressor estava armado com uma faca e também tentou incendiar vagão. Segundo testemunhas, homem estava vestido como o vilão "Coringa".

https://www.dw.com/pt-br/ataque-em-trem-de-t%C3%B3quio-deixa-pelo-menos-17-feridos/a-59680372?maca=bra-rss-br-all-1030-rdf

Pelo menos 17 pessoas ficaram feridas em um ataque perpetrado dentro de um trem em Tóquio por um homem com uma faca, que também ateou fogo em um líquido inflamável dentro do vagão. Segundo testemunhas, o homem estava usando trajes semelhantes ao do personagem Coringa, o vilão das histórias de Batman.

O ataque aconteceu na linha suburbana de Keio, na altura da estação de Kokuryo (oeste da capital), por volta das 20h (horário local, 8h de Brasília) deste domingo (31/10). O episódio ocorreu justamente no dia em que os japoneses votam nas eleições para a Câmara Baixa do Parlamento do país e em meio às festas de Halloween.

As autoridades prenderam o suspeito do ataque, um homem de 24 anos, enquanto atendiam os feridos, incluindo uma pessoa que ficou em estado grave, segundo a imprensa local.

O suspeito usou uma faca para atacar vários passageiros ao seu redor e, posteriormente, despejou um líquido inflamável e ateou fogo, causando um incêndio dentro do vagão, informaram fontes policiais.

"A princípio pensei que fosse um evento ligado ao Halloween. Mas fugi quando um homem armado com uma faca entrou. Tive a sorte de não me ferir", disse à agência AFP um passageiro que conseguiu escapar ileso.

O incidente causou cenas de pânico dentro do trem e na plataforma, com dezenas de pessoas fugindo das chamas e do agressor e até pulando das janelas do vagão, de acordo com vários vídeos gravados por testemunhas e postados nas redes sociais.

A empresa operadora acionou o sistema de frenagem de emergência ao saber do ocorrido e fez o trem parar naquela estação, que inicialmente não fazia parte daquela linha, para permitir a saída dos passageiros.

O Japão realizou uma eleição geral neste domingo em que cerca de 105,6 milhões de japoneses foram chamados para votar em aproximadamente 46 mil colégios eleitorais no país, o que levou a um movimento de pessoas em transporte público incomum para um final de semana.

Esse foi o segundo ataque envolvendo o uso de faca em um trem de Tóquio em dois meses. No início de agosto, um homem de 36 anos esfaqueou nove passageiros.

jps (EFE, AFP)