1. Pular para o conteúdo
  2. Pular para o menu principal
  3. Ver mais sites da DW
Estação de trem de Grafing após ataque a faca
Foto: picture-alliance/dpa/A. Gebert

Ataque a faca deixa um morto na Baviera

10 de maio de 2016

Homem de 27 anos esfaqueia quatro pessoas numa estação de trem a leste de Munique, e uma delas morre no hospital. Autoridades descartam motivação terrorista. Suspeito teria transtornos mentais, diz secretário.

https://www.dw.com/pt-br/ataque-a-faca-deixa-um-morto-na-baviera/a-19246463

Veja imagens da estação onde ocorreu o ataque em Munique

O secretário do Interior da Baviera, Joachim Herrmann, afirmou nesta terça-feira (10/05) que não há indícios de que o ataque a faca que deixou um morto e três feridos na estação de Grafing, na Baviera, a leste de Munique, tenha ligação com o terrorismo islâmico.

Segundo Herrmann, o episódio também não está relacionado à crise migratória e à acolhida de refugiados na Alemanha. O agressor, proveniente do estado de Hessen, no centro do país, teria aparentemente transtornos psicológicos e problemas relacionados ao uso de drogas.

A Promotoria de Munique investiga afirmações de testemunhas de que o suspeito – um alemão de 27 anos – gritou "Allahu Akbar" ("Deus é grande", em árabe) antes de esfaquear as vítimas.

"Não temos nenhuma informação de que ele tenha recentemente migrado para cá ou que tenha um histórico de migração, mas não sabemos ao certo no momento", afirmou o porta-voz da promotoria, Ken Heidenreich.

Uma das vítimas, um homem de 56 anos, morreu no hospital. Um ferido sofreu lesões graves e outros dois tiveram ferimentos leves. O ataque ocorreu por volta das 5h (horário local). O agressor foi detido por policiais ainda na plataforma da estação de Grafing, que foi bloqueada para perícia.

KG/dpa/afp/ap