Artistas brasileiras são premiadas na Alemanha | Cultura europeia, dos clássicos da arte a novas tendências | DW | 16.05.2019
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Cultura

Artistas brasileiras são premiadas na Alemanha

Trabalhos da artista plástica Jac Leirner e da designer de som Ana Monte são destaque em premiações de instituições culturais alemãs.

Assistir ao vídeo 08:16

Ana Monte é formada em Produção Musical e mora desde 2011 na Alemanha, onde cursou Sonoplastia na Filmakademie de Baden Württemberg, uma das melhores escolas de cinema do país. Depois de vários trabalhos freelance em filmes e documentários, Ana Monte abriu a Delta, uma empresa de pós-produção de som 3D. Por sua trajetória como designer de som, Ana Monte recebeu o prêmio Helene Hecht, concedido a cada 2 anos desde 2010 a mulheres que se destacam na cena artística e cultural da região metropolitana do Reno-Necar, oeste da Alemanha.

Quem também representou o Brasil na Alemanha foi Jac Leirner. A artista plástica que mora em São Paulo trabalha, principalmente, com arte conceitual. Há mais de 30 anos ela se dedica a ressignificar objetos do cotidiano, muitos ligados a sociedade de consumo. No Museu Ludwig, na cidade de Colônia, Jac Leirner está em exposição com quatro instalações artísticas. Entre elas, Museum Bags, uma coleção de sacolas de museus e galerias de arte reunidas ao longo de mais de três décadas. A instalação Museum Bags foi adquirida pelo local e agora faz parte do acervo do Museu Ludwig. Por sua trajetória na arte, Jac Leirner foi laureada com o prêmio Wolfgang Hahn, que há 25 anos homenageia artistas contemporâneos de destaque internacional, mas ainda pouco conhecidos na Alemanha. Ela é a primeira artista sul-americana a entrar para a lista de premiados. A exposição de Jac Leirner fica em cartaz até julho de 2019.