Artista holandesa desenha com as duas mãos ao mesmo tempo | Cultura europeia, dos clássicos da arte a novas tendências | DW | 03.07.2019
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Cultura

Artista holandesa desenha com as duas mãos ao mesmo tempo

Rajacenna van Dam tem um talento raro: ela é ambidestra e consegue fazer retratos realistas usando as duas mãos simultaneamente.

Assistir ao vídeo 03:19

Se desenhar com uma das mãos já pode ser desafiador, que tal com as duas mãos ao mesmo tempo? Esse é o talento de Rajacenna van Dam, que faz retratos realistas com a mão direita e a esquerda simultaneamente. "Quando eu desenhava apenas com uma das mãos ficava entediada, não era desafiador. Com as duas mãos é menos entediante e eu exercito o meu cérebro", conta a artista.

O trabalho dela começou a chamar a atenção em 2011 quando desenhou Justin Bieber. Na época, ela tinha apenas 17 anos e ainda desenhava só com uma das mãos. Depois de postar a imagem na internet, veio a surpresa: "a equipe do Justin Bieber entrou em contato comigo e perguntou se eu queria dar o desenho a ele. Eu o conheci em 2011. Ele realmente ficou impressionado com a imagem, não acreditava que era um desenho. Foi um grande elogio vindo dele."

Desde então, ela já desenhou muitos outros retratos realistas de celebridades, mas só no início de 2019 é que Rajacenna começou a desenhar com as duas mãos ao mesmo tempo. Apenas cerca de um por cento da população mundial compartilha deste talento. Em termos técnicos, é chamado de ambidestria - a capacidade de ser igualmente habilidoso com as duas mãos. A atividade cerebral da artista foi analisada e o resultado indicou que a conexão entre os dois hemisférios cerebrais dela é três vezes mais eficiente do que a média: "quando eu desenho, é como se estivesse em um túnel, não vejo mais nada ao meu redor, fico realmente focada. A minha concentração alcança níveis similares ao de um ataque epilético, mas que, para mim, resulta em um alto nível de concentração."