Arte em quarentena: os heróis da pandemia | Cultura europeia, dos clássicos da arte a novas tendências | DW | 12.06.2020
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Cultura

Arte em quarentena: os heróis da pandemia

[Vídeo] Sob o pseudônimo de Vandalizy, artista misteriosa russa espalha estatuetas de "super-enfermeiras" pelas ruas de Moscou. E, na Espanha, trio de publicitários cria o "Covid Art Museum", reunindo a arte digital produzida durante o confinamento.

Assistir ao vídeo 02:41

Os profissionais da área da saúde se tornaram os grandes super-heróis da vida real durante a pandemia de covid-19. E para homenagear o trabalho daqueles que se colocam na linha de frente para salvar vidas, uma artista russa espalhou pequenas esculturas pelas ruas de Moscou. As obras de arte são feitas de argila no ateliê da artista conhecida sob o pseudônimo de Vandalizy. A ideia surgiu na mesma época em que o famoso e misterioso artista de rua britânico Banksy fez uma imagem para homenagear os profissionais da saúde. "Fiquei surpresa que o famoso Banksy tenha feito algo semelhante. Isso me deu mais força e a confiança de que estou fazendo a coisa certa".

Iniciativas artísticas durante a quarentena pipocam pela internet, e para tentar reunir todas essas boas ideias em um só lugar, um trio de publicitários espanhóis lançou o projeto “The Covid Art Museum” – Museu de arte do covid. Qualquer pessoa pode participar: basta ir até o perfil do projeto no Instagram, clicar no link da biografia e preencher um documento online com algumas informações básicas sobre você e sobre a sua obra de arte. Para finalizar, basta carregar a foto ou vídeo e indicar se aceita que o arquivo seja compartilhado pelo projeto.