Ao menos 380 baleias morrem encalhadas na Austrália | Meio Ambiente | DW | 23.09.2020

Conheça a nova DW

Dê uma olhada exclusiva na versão beta da nova DW. Sua opinião nos ajudará a torná-la ainda melhor.

  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Meio ambiente

Ao menos 380 baleias morrem encalhadas na Austrália

Das cerca de 460 baleias encalhadas encontradas na costa da Tasmânia, 50 já foram salvas, e outras 30 aguardam resgate. Segundo biólogos, este é o maior encalhe em massa já registrado na ilha.

Baleia encalhada na areia

O encalhe de baleias é um fenômeno natural, de causas ainda desconhecidas, segundo biólogos

Ao menos 380 baleias-piloto que estavam retidas numa baía remota da Tasmânia, estado insular da Austrália, morreram apesar dos esforços para tentar salvá-las, comunicou nesta quarta-feira (23/09) o diretor dos Parques Naturais da Tasmânia, Nic Deka.

Deka disse ainda que, das cerca de 460 baleias-piloto encontradas encalhadas na costa australiana nos últimos dias, 50 foram resgatadas. Cerca de 60 pessoas integram as equipes de resgate que tentam salvar as cerca de 30 restantes que ainda estão vivas.

Australien Grindwale vor der Insel Tasmanien gestrandet

Equipes de resgate continuam seus trabalhos no local, onde ainda estão cerca de 30 baleias

As autoridades já haviam iniciado operações para salvar sobreviventes entre as cerca de 270 baleias encontradas na segunda-feira numa praia e em dois bancos de areia perto da cidade de Strahan, na costa oeste, no estado insular da Tasmânia.

Mas outras cerca de 200 baleias encalhadas foram avistadas do ar nesta quarta-feira, a menos de dez quilômetros ao sul, disse Deka. "Do ar, não pareciam estar numa condição que justificasse o salvamento", acrescentou, explicando que "a maioria parecia estar morta".

Baleias encalhadas perto da praia na Tasmânia

Além de salvar as vidas de alguns animais, a operação de resgate permite também adquirir mais conhecimentos sobre eles

Cerca de um terço do primeiro grupo morreu já na noite de segunda-feira.

Biólogos disseram que o encalhe de baleias é um fenômeno natural, de causas ainda desconhecidas. Além de salvar as vidas de alguns animais, a operação de resgate permite também adquirir mais conhecimentos sobre eles.

A Tasmânia é a única região da Austrália propensa a encalhes em massa, embora eles também ocorram ocasionalmente no continente australiano. Este é o maior encalhe em massa já registrado na ilha, disseram biólogos.

AS/afp/lusa/efe

Leia mais

Áudios e vídeos relacionados