Alemanha é o país com maior incidência de vírus de computador na Europa | Novidades da ciência para melhorar a qualidade de vida | DW | 21.04.2010
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Ciência e Saúde

Alemanha é o país com maior incidência de vírus de computador na Europa

Tendo os computadores mais vulneráveis a vírus da Europa, internautas alemães são vítimas de ataques e de rastreamento na rede. No país, bancos online também são visados por criminosos virtuais.

default

Virus de computador traz problemas às autoridades alemãs

Atualmente, a Alemanha é o país europeu mais contaminado por vírus de computador. Há um ano, esse lugar era ocupado pela Espanha. Isso foi o que informou o estudo anual publicado nesta terça-feira (20/04) pela Symantec, empresa americana de software.

Computer Messe Systems 02 in München

Alemanha: 12% dos computadores estão contaminados

Segundo informou Kevin Haley, representante da Symantec em Los Angeles, 12% dos computadores alemães estão contaminados com pelo menos um vírus. Isso permite que o computador seja atacado por hackers e rastreado por criminosos em busca de senhas pessoais, além de torná-lo um alvo de spams.

"Os computadores alemães funcionam como um sistema de aviso. Os criminosos experimentam seus novos truques na Alemanha. Se funcionarem no país, também funcionam em outros lugares", disse Haley.

Outros produtores de softwares antivírus e empresas de segurança de TI, como Kaspersky, AVG, G-Data ou McAfee também produzem e divulgam suas pesquisas. Mas, pelo fato de a Symantec ser líder mundial do mercado, pode recorrer a uma grande base de informações fornecidas pelos seus clientes.

Combate difícil

Segundo as estatísticas publicadas pelo Ministério alemão do Interior, a internet já representa uma forma de criminalidade preocupante. Apenas no ano passado, hackers tentaram assaltar bancos online mais de mil vezes.

Assim como nos Estados Unidos, a polícia alemã trabalha junto à indústria de segurança de TI para conter os crimes virtuais, mas ainda não obteve tanto êxito como no país norte americano. Frente à enorme barreira burocrática e com poucos recursos humanos, as investigações alemãs tiveram pouco êxito até o momento.

Autor: Kai Laufen (dd)
Revisão: Simone Lopes

Leia mais