Alemãs são condenadas por pegar comida de lixo de supermercado | Notícias sobre política, economia e sociedade da Alemanha | DW | 31.01.2019
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages
Publicidade

Alemanha

Alemãs são condenadas por pegar comida de lixo de supermercado

Julgamento de estudantes atraiu dezenas de manifestantes na Baviera. Conhecida na Alemanha como "Containern", prática de vasculhar lixo em busca de alimentos é vista como protesto contra o desperdício.

Contêineres de lixo

Jovens argumentaram não terem causado prejuízo a supermercados pois alimentos já estavam no lixo

Duas estudantes foram condenadas por roubo nesta quarta-feira (30/01) após terem retirado alimentos do lixo de um supermercado no sul da Alemanha. A intenção das jovens, julgadas pelo tribunal de Fürstenfeldbruck, era chamar a atenção para o desperdício de alimentos.

Policiais encontraram bananas, alfaces e verduras nas mochilas das jovens, que retiraram os produtos do lixo de um supermercado em Olching, na Baviera, em junho do ano passado. O contêiner de lixo estava trancado e foi arrombado pelas estudantes.

Na Alemanha, a prática é conhecida como "Containern" – o ato de vasculhar lixo de terceiros em busca de itens que possam ser aproveitados.

O julgamento em Fürstenfeld atraiu grande público e dezenas de manifestantes. Inicialmente, as jovens receberam uma proposta de pagar uma multa de 1.200 euros ou de trabalhar para o banco de alimentos em Fürstenfeld em troca do encerramento do processo.

Porém, elas exigiram absolvição, argumentando que, já que o supermercado havia jogado os produtos fora, não teria sido causado nenhum dano à empresa.

De acordo com a Procuradoria de Munique, os produtos retirados do lixo tinham valor de 100 euros. Já o juiz responsável pelo caso os classificou como praticamente sem valor.

O tribunal concluiu que, apesar de os produtos estarem no lixo, eles ainda eram propriedade do supermercado. As jovens terão que contribuir com oito horas de trabalho para um banco de alimentos local.

Além disso, ambas foram condenadas a pagar uma multa de 225 euros cada, mas podem ficar isentas da pena caso não sejam autuadas durante um período de dois anos.

Embora a prática de retirar alimentos do lixo seja habitual para pessoas em situação vulnerável, ela também é vista por muitos como um protesto contra o capitalismo e o consumo desenfreado.

PJ/ots

______________

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube 

WhatsApp | App | Instagram | Newsletter

Leia mais