Alemão cria nova bebida com cerveja e caipirinha | Notícias sobre política, economia e sociedade da Alemanha | DW | 27.01.2002
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages
Publicidade

Alemanha

Alemão cria nova bebida com cerveja e caipirinha

Barman de Munique patenteou novo coquetel e cervejaria do norte da Alemanha industrializou a caibierinha em garrafa.

Nova bebida deve ser tomada gelada

Nova bebida deve ser tomada gelada

Durante uma viagem de navio pelo rio Amazonas, em que trabalhou como barman, no ano de 1989, o alemão Ralph Denkinger inspirou-se no calor tropical e nas duas bebidas mais populares do Brasil. O barman de 38 anos, natural de Munique, acabou criando um coquetel próprio: a caibierinha, mistura de caipirinha com cerveja ( bier, em alemão).

Na Alemanha, a bebida já tem consumidores fixos no bar do hotel em que Ralph trabalha na capital da Baviera e foi lançada com sucesso na famosa Oktoberfest de Munique. Trata-se de uma mistura entre a cerveja de alta fermentação ( Weissbier) tradicional do sul da Alemanha, açúcar branco de cana importado (na Alemanha, o açúcar é de um tipo de beterraba) e limão taiti do Brasil.

Depois do enorme sucesso no Hippodrom (a tenda point da Oktoberfest alemã), Ralph resolveu registrar o nome da bebida em 1998. O êxito é justificado pela popularidade da cerveja na Alemanha e pelo consumo cada vez maior de caipirinha no país, líder isolada na preferência dos alemães. A bebida já não falta em qualquer tipo de festa.

"Esta liderança deve conservar-se por muito tempo", prevê o inventor da caibierinha, "pois nem tão cedo será criada outra bebida que reúne as peculiaridades da caipirinha: doce, ácida e ao mesmo tempo com sabor de fruta".

Caipi é sucesso absoluto – No verão europeu do ano passado, a caipi, como é chamada na Alemanha, dominou 33% do mercado de coquetéis. A diferença é que na Europa ela não é feita no tradicional pilão de madeira e ao final recebe gelo picado. Muitas vezes, o limão natural é substituído também por suco de limão engarrafado.

A idéia de Ralph Denkinger foi industrializada no ano passado pela cervejaria Einbecker, do norte da Alemanha. À cerveja, foram acrescentados adoçante, sabor de limão e de cachaça. O produto, que deve ser bebido gelado, espera ventos melhores no próximo verão europeu. Ralph acredita que a pouca aceitação do novo produto em 2001 se deva à grande oferta no mercado alemão de cervejas.

Links externos