Aleksander Ceferin é eleito presidente da Uefa | Leia as principais notícias sobre o futebol internacional | DW | 14.09.2016
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Futebol

Aleksander Ceferin é eleito presidente da Uefa

Esloveno recebe ampla maioria dos votos em Congresso Extraordinário da entidade máxima do futebol europeu. Ele vai substituir Michel Platini, banido do futebol após escândalo.

A Uefa, o órgão máximo do futebol europeu, elegeu nesta quarta-feira (14/09) um novo presidente, após escândalos de corrupção que abalaram a entidade. Em votação em Congresso Extraordinário em Atenas, o esloveno Aleksander Ceferin derrotou seu único adversário, o holandês Michael van Praag, por 42 votos a 13.

Ceferin vai suceder o francês Michel Platini, banido do futebol por quatro anos em razão de um pagamento ilegal recebido da Fifa em 2011, no valor de 2 milhões de francos suíços (1,8 milhão de euros). O pagamento, autorizado pelo então presidente da entidade, Joseph Blatter, seria correspondente a serviços de consultoria prestados à presidência da Fifa.

O esloveno vai completar o terceiro mandato de Platini, que se encerra em março de 2019. Antes da votação, o francês fez um discurso de despedida, afirmando ter a consciência tranquila.

"Não cometi erros e continuarei milha batalha nos tribunais", disse. Antes de o escândalo vir à tona, Platini era o favorito a suceder Blatter na presidência da Fifa.

RC/efe/dpa

Leia mais