1. Pular para o conteúdo
  2. Pular para o menu principal
  3. Ver mais sites da DW
Criança recebe vacina no braço
EUA e Canadá já aprovaram o uso da vacina da Pfizer em criançasFoto: MiS/imago images

Covid-19: Agência da UE dá aval para vacinação de crianças

28 de maio de 2021

EMA recomenda uso do imunizante da Pfizer em menores com mais de 12 anos. Decisão é baseada em estudo com mais de 2 mil adolescentes nos EUA, que demonstrou eficácia da vacina para faixa etária.

https://www.dw.com/pt-br/ag%C3%AAncia-europeia-d%C3%A1-luz-verde-para-vacina%C3%A7%C3%A3o-de-crian%C3%A7as-contra-covid-19/a-57706499?maca=bra-rss-br-all-1030-rdf

A Agência Europeia de Medicamentos (EMA, na sigla em inglês) anunciou nesta sexta-feira (28/05) que recomenda o uso da vacina contra coronavírus produzida pela Pfizer/BioNTech em crianças acima de 12 anos.

A recomendação acompanha decisões semelhantes anunciadas no mês passado por reguladores no Canadá e nos EUA, num momento em que países ricos se aproximam lentamente de suas metas de vacinação para adultos, visando agora imunizar o maior número de pessoas possível.

A Comissão Europeia ainda tem que dar seu aval para que a recomendação da EMA tenha um efeito prático na União Europeia, mas isso agora é considerado apenas uma formalidade.

Alemanha quer vacinar crianças

A decisão abre caminho para que a Alemanha inicie a imunização de menores contra o coronavírus já no próximo mês, quando a campanha de vacinação contra covid-19 no país deixa ser regulada por uma sequência de grupos prioritários. O anúncio da EMA ocorre um dia após a chanceler federal alemã, Angela Merkel, ter afirmado que isso só dependia da aprovação da agência europeia. Ela destacou, entretanto, que as crianças, assim como os adultos, não serão obrigadas a tomar o inoculante e que não haverá uma campanha específica para a imunização de menores.

A recomendação da EMA para o uso do imunizante da Pfzer em crianças foi baseada em um estudo realizado com mais de 2 mil adolescentes nos EUA, que demonstrou que a vacina é segura e eficaz para a faixa etária.

Aval na UE em dezembro

A vacina da Pfizer e BioNTech foi a primeira a conseguir autorização na União Europeia, em dezembro, para aplicação em maiores de 16 anos.

Os pesquisadores da EMA afirmaram que continuarão a monitorar os efeitos de longo prazo em termos de eficácia e segurança nas crianças ainda pelos próximos dois anos.

A maioria das vacinas contra covid-19 no mundo foi autorizada para adultos, que correm maior risco de desenvolver quadros mais graves e morte por causa do coronavírus.

Mas vacinar menores pode ser fundamental para impedir surtos, já que algumas pesquisas mostraram que crianças podem desempenhar um papel na disseminação do vírus, embora a maioria delas normalmente não desenvolva quadro grave de covid-19.

md (AP, DPA)