Acidente de avião na Rússia mata 50 pessoas | Notícias internacionais e análises | DW | 17.11.2013
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages
Publicidade

Mundo

Acidente de avião na Rússia mata 50 pessoas

Todos os 44 passageiros e seis tripulantes morreram quando o Boeing 737 da Tatarstan Airlines tentava pousar no aeroporto da cidade russa de Kazan. A aeronave se incendiou e explodiu na segunda tentativa de aterrissar.

Todas as 50 pessoas a bordo de um Boeing 737 morreram num acidente ocorrido neste domingo (17/11), quando a aeronave tentava pousar no aeroporto da cidade russa de Kazan, segundo informações das autoridades russas.

O avião, da companhia aérea Tatarstan Airlines, vinha de Moscou, a 720 quilômetros de distância. Ao tentar aterrissar, a aeronave bateu na pista, se incendiou e explodiu. Segundo agências de notícias russas, os pilotos faziam a segunda tentativa de pouso quando aconteceu o acidente.

Todos os 44 passageiros e os seis tripulantes do avião morreram no acidente, informou à agência AFP uma porta-voz do Ministério russo de Proteção contra Catástrofes.

Alto índice de acidentes aéreos

A Rússia e as antigas repúblicas soviéticas juntas tiveram um dos piores registros de segurança de tráfego aéreo do mundo em 2010, com uma taxa de acidentes total quase três vezes superior à média mundial, de acordo com a Associação Internacional de Transporte Aéreo (Iata, na sigla em inglês).

A Iata afirmou no ano passado que a segurança de linhas aéreas tinha melhorado a nível global em 2011, mas que as taxas de acidentes subiram na Rússia e na Comunidade dos Estados Independentes.

MD/afp/dpa/rtr